icons.title signature.placeholder Igor Siqueira
13/07/2014
18:49

Não foi dessa vez que Lionel Messi entrou no rol dos campeões do mundo. Disputando a terceira Copa da carreira, o craque argentino fez o máximo que pôde ao carregar sua seleção nas costas desde os primeiros jogos, fez quatro gols na competição, mas sucumbiu diante de uma Alemanha histórica.

De novo os alemães acabaram com os planos de Messi. Assim como em 2006 e 2010, lá estavam eles para tirar a Argentina da Copa. Mas diferentemente dos Mundiais anteriores, quando a queda se deu nas quartas de final, Messi jogou bem. O problema em 2014 foi a falta de uma companhia à altura para o craque de 27 anos. E a final diante dos alemães, neste domingo, no Maracanã, foi a prova explícita. Se Higuaín e Palacio tivessem aproveitado as chances claríssimas que apareceram...

Messi tentou. Lutou contra os fortes zagueiros alemães e deu trabalho com a velocidade e habilidade de sempre. No primeiro tempo, por exemplo, ele deu uma arrancada pela direita aos 8 minutos que foi de tirar o fôlego. Hummels ficou impotente diante da velocidade da Pulga e quase fez pênalti.

Mesmo com um esquema feito para deixá-lo sem a obrigação de marcar, ele se doou para o time, como no lance em que roubou uma bola no meio e deu um tapa para o Lavezzi na jogada que originou o gol - anulado - dos hermanos.

Mas Messi teve seus momentos de falha. No começo da etapa final, ele perdeu uma grande chance recebendo passe no setor esquerdo de ataque. O "taco" também espirrou aos 29 minutos, depois de um tempão sumido. Ele pegou uma bola na direita, deixou uns três para trás, mas errou o tapa com a parte interna do pé.

Quando ele teve a já característica ânsia de vômito, teve gente que pensou: pronto, vai acordar. Mas não deu. Vendo os colegas darem o máximo na defesa e sem conseguirem encaixar jogadas ofensivas de perigo elevado, Messi foi mais uma vez derrubado na Copa e segue sem o título que pode fazer dele um ídolo maior que Maradona no coração dos argentinos.

Messi, "decime que se siente" perder a Copa de novo...