icons.title signature.placeholder Igor Siqueira
25/06/2014
13:50

A distância entre Equador e Brasil não foi obstáculo para impedir que uma família equatoriana viesse ao Rio de Janeiro desfrutar da atmosfera de Copa do Mundo. E a "missão" foi longa e trabalhosa, com viagem de van desde Cuenca até a Cidade Maravilhosa, onde o Equador enfrenta a França, nesta quarta-feira, pela terceira rodada do Grupo E do Mundial.

O "clã" dos Machuca veio ao Brasil com 20 integrantes, sendo que 12 deles vieram apertados em uma van e outros oito optaram pelo avião. Segundo os corajosos, foram 8 km de carro, em uma "expedição" que durou sete dias. Isso tudo sem ter ingressos.

Há membros de todas as idades. Primos, irmãos, tios, e até os patriarcas da família, que já passaram dos 70 anos.

- Os avozinhos não poderiam ficar em casa - disse Jimena, uma dos integrantes de trupe equatoriana.

E lugar para dormir? O carro ou a rua. Mas nem isso tira a animação da grande família equatoriana. Afinal, a seleção deles pode conseguir a classificação mesmo se não vencer a França. A bola rola no Maracanã a partir das 17h.