icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/11/2014
07:33

Enquanto o jejum de vitórias do Santos chega a oito jogos, o atacante Leandro Damião se aproxima, mas do jejum de gols. Após o empate em 1 a 1 com o Atlético-PR fora de casa, o atacante chegou a sete partidas sem balançar as redes. Mesmo assim, ele ganhou elogios do técnico Enderson Moreira, que fez comentários sobre sua atuação.

- Este é o momento de dar continuidade a atletas que tiveram poucas chances, rever encaixes, informações, agregar valor ao que podemos executar na próxima temporada. No lance do gol ele (Damião) deu uma raspada de cabeça, marcou bem e filtrou jogadas aéreas. Sabemos que ele tem qualidade, mas não teve nenhuma grande oportunidade. Dentro do que pedimos, ele executou - explicou Enderson após a partida contra o Furacão.

Reserva de Gabriel, joia santista de 18 anos, o centroavante ganhou a vaga no time titular por conta da distância. Pelo fato do Santos levar poucos torcedores à Arena da Baixada, em Curitiba (PR), Enderson apostou que o camisa 9 se sentiria menos pressionado e o deu uma oportunidade para que jogasse com menos cobrança vinda das arquibancadas.

No entanto, a reserva de Leandro Damião não estã agradando a diretoria alvinegra. Contratado por R$ 42 milhões, a cúpula santista acredita que o ex-artilheiro do Internacional deve ter sequência para atrair clubes estrangeiros que queiram comprar o jogador e recuperar o investimento.

Até então, o atacante esteve em 41 jogos e fez nove gols.