icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/11/2014
12:02

Já longe da “confusão” do Campeonato Brasileiro, o Flamengo vai disputar os últimos cinco jogos da temporada praticamente para cumprir tabela. Mas nem por isso deixará de colocar o que tem de melhor, justamente para terminar 2014 de uma maneira mais digna. Sem contar que a ideia é se aproveitar do desespero de alguns adversários, como o Coritiba, que briga contra o rebaixamento.

– Estamos chegando no fim do ano, temos que ter concentração. Assim como passamos por dificuldade ao longo da temporada, hoje o Coritiba está na zona de desconforto. Então precisamos aproveitar isso para vencer, que será de muita importância para o Flamengo – disse o atacante Nixon.

A justificativa por uma possível entrada dos reservas nas últimas cinco partidas da temporada vai de encontro ao condicionamento físico de alguns titulares, podendo dar  chances aos jogadores que pouco atuaram no ano (veja mais na página). Aliado a isto, estão as longas viagens, mesmo com mando de campo sendo do Flamengo. 

Após a partida de domingo, contra o Coritiba, no Maracanã, o Flamengo viajará nos últimos quatro jogos do Brasileiro, inclusive nos dois encontros que são de seu mando – diante do Criciúma, no Maranhão, e Vitória, no Amazonas. Ainda existe a chance de o elenco chegar dias antes nas cidades para realizar treinamentos.

O uso do time titular também tem relação com a venda dos mandos de campo, já que a atratividade junto aos torcedores não pode cair pela utilização do time reserva. Por meio do site oficial, inclusive, o Flamengo destacou que os titulares serão utilizados na partida na partida da Arena da Amazônia e, assim, atrair os torcedores.