icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/06/2014
15:07

Que o restrospecto diante dos chilenos é favorável ao Brasil já sabemos. Mas as coincidências que rondam as oitavas de final entre Brasil e Chile, no próximo sábado às 13h, no Mineirão, são muitas.

Na Copa do Mundo da África do Sul, em 2010, as duas seleções também se enfrentaram na fase de oitavas de final. Curiosamente, o jogo será realizado na mesma data (28 de junho). O juiz, uma das preocupações dos chilenos esse ano, com medo da arbitragem favorecer ao Brasil por jogar em casa, será o mesmo de quatro anos atrás, o inglês Howard Web.

Considerado um dos melhores árbitros do mundo, ele também apitou a decisão da última Copa entre Espanha e Holanda e está cotado para arbitrar a final deste ano no Maracanã, já que seu país, a Inglaterra, está eliminada da competição.

Seguindo com as semelhanças, assim como desta vez, há quatro anos o Brasil se classificou para as oitavas com uma campanha idêntica na fase de grupos. Sete pontos somados, vitórias contra Coreia do Norte e Costa do Marfim e empate com Portugal.

O Chile não fica atrás, se classificou em segundo lugar com seis pontos, campanha também idêntica a deste ano. Em 2010, vitórias sobre Honduras e Suíça, derrota na última rodada para a Espanha (que terminaria líder do grupo e campeã mundial mais tarde).

Os elencos de Brasil e Chile também continham jogadores que hoje estão em suas respectivas seleções. Pelo lado "amarelinho", Júlio César, Maicon, Ramires e Daniel Alves jogaram. O zagueiro Thiago Silva, hoje capitão do time, estava no banco de reserva mas não entrou durante a partida.

Já no lado da "Roja", são 12 os que estavam no elenco de 2010 e também estão nesta Copa. Dos 12, nove participaram da eliminação para o Brasil há quatro anos. Claudio Bravo, Isla, Jara, Carmona, Vidal, Alexis Sánchez e Beausejour foram titulares. Além de Millar e Valdivia que entraram no decorrer do jogo. Garay Medel, Fabián Orellana e Paredes estavam no banco de reservas mas não jogaram.

VEJA A FICHA TÉCNICA DE BRASIL E CHILE NA COPA DE 2010:
BRASIL 3 x 0 CHILE
Local: Estádio Ellis Park, em Johanesburgo (África do Sul)
Data: 28 de junho de 2010, segunda-feira, às 15h30 (de Brasília)
Árbitro: Howard Webb (ING)
Assistentes: Darren Cann (ING) e Michael Mullarkey (ING)
Público: 54.096 pagantes
Cartões amarelos: Kaká e Ramires (BRA); Vidal, Fuentes e Millar (CHI)
Gols: Juan, 34'/1ºT (1-0), Luís Fabiano, 38'/1ºT (2-0) e Robinho, 14'/2ºT (3-0).

BRASIL: Júlio César; Maicon, Lúcio, Juan e Michel Bastos; Gilberto Silva, Ramires, Daniel Alves e Kaká (Kléberson); Robinho (Gilberto) e Luís Fabiano (Nilmar). Técnico: Dunga

CHILE: Bravo; Isla (Millar), Contreras (Tello), Jará e Fuentes; Carmona, Vidal e Mark González (Valdívia); Alexís Sánchez, Suazo e Beausejour. Técnico: Marcelo Bielsa