icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
01/06/2014
15:12

Mesmo tendo poucas chances no ano - a partida contra o Bahia, na última quinta-feira, foi sua segunda em 2014 - o atacante Giva, de 21 anos, está perto do fim do seu empréstimo com o Santos, e tem vontade de permanecer no Peixe. O clube teria que desembolsar um valor de cerca de R$ 2,3 milhões para adquirir parte de seus direitos econômicos, o que não dimiui a esperança do jogador.

– A minha expectativa é defender o Santos, clube que jogo, que eu gosto, que me revelou. Acho que se eu tiver de ficar aqui, estou feliz e vou fazer de tudo pra continuar - afirmou após ter entrado no jogo.

O fundo de investimentos maltês Doyen Sports, que deu um aporte financeiro para o Santos nas contratações de Leandro Damião (R$ 42 milhões) e de Lucas Lima (R$ 5 milhões), já tem uma procuração do jogador, e pode auxiliar o Alvinegro novamente no caso de Giva.

O próprio atacante já admitiu que as conversas entre o clube e seus empresários já começaram.

- O Santos já procurou meus empresários sim, o pessoal está conversando e acertando tudo - disse em poucas palavras.

Na temporada passada, Giva foi um dos artilheiros do time, com seis gols. Ainda no início deste ano, ele se recuperava de uma cirurgia no ombro esquerdo, fator que atrapalhou seu desempenho na hora de conquistar a confiança do técnico Oswaldo de Oliveira. O Santos detém 20% dos direitos econômicos do atleta, e tem a opção de comprar mais 50% por valor estabelecido em contrato.

O elenco santista tem no setor ofensivo: Leandro Damião, Thiago Ribeiro, Gabriel, Geuvânio, Rildo, Stéfano Yuri, Diego Cardoso, Jorge Eduardo e Victor Andrade. Destes, seis são da base.