icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/03/2014
10:43

O atropelamento de equipes mais fortes sobre outras inexpressivas na primeira rodada da Copa do Brasil não se repetiu na primeira noite do torneio em 2014. Mesmo com presença de clubes das séries A e B do Campeonato Brasileiro contra times de nível inferior, apenas três garantiram a classificação pela vitória por dois ou mais gols fora de casa. Os empates e as vitórias apertadas foram a regra na estreia da competição, que teve como destaques a goleada de 6 a 1 do Internacional sobre o Remo e o primeiro jogo de Alexandre Pato com a camisa do São Paulo.

As goleadas foram apenas duas, e ficaram por conta de Ponte Preta e Internacional. O Colorado aplicou 6 a 1 no Remo com dois gol de Rafael Moura, destaque do jogo. A partida ainda trouxe uma curiosidade: o Inter voltou a vencer sem a presença de D'Alessandro depois de 518 dias.

Mesmo com susto no início, a Macaca também sobrou. Jogando com um adversário com apenas quatro suplentes no banco de reservas, a equipe conseguiu golear por 4 a 1 o Náutico-RR e descartar o jogo de volta. Somados ao Tupi, que venceu o Juazeiro por 2 a 0, Inter e Ponte foram os únicos a eliminar o rival desta fase já no primeiro jogo.

Além da falta de boa vantagens nos placares, o primeiro dia de Copa do Brasil teve outra grande exceção: a falta do gol de Alexandre Pato em uma estreia. O atacante havia "jogado pela primeira vez" em outras quatro oportunidades (pelo Internacional, pelo Milan, pela Seleção Brasileira e pelo Corinthians), e marcou em todas elas. Mas passou perto, e Pato deu o passe para o gol de Osvaldo e deixou o dele, não validado pelo árbitro. O São Paulo venceu o CSA por 1 a 0 e receberá o rival para o jogo de volta no próximo dia 9 de abril.

Veja os resultados da Copa do Brasil - 12/03

São Luiz-RS 2 x 2 Nacional-AM (Ijuí)

São Paulo 1 x 0 CSA (Maceió)

Internacional 6 x 1 Remo (Belém)

Treze-PB 1 x 1 Tombense (Tombos)

Ponte Preta 4 x 1 Náutico-RR (Boa Vista)

Atlético-GO 1 x 0 Flamengo-PI (Floriano)

ABC 0 x 1 Desportiva-ES (Cariacica)

Grêmio Barueri 2 x 2 Goianésia (Goianésia)

Palmeiras 1 x 0 Vilhena-RO (Vilhena)

Sampaio Corrêa 2 x 2 Interporto-TO (Porto Nacional)

Tupi 2 x 0 Juazeiro-BA (Juazeiro)

Sergipe 1 x 0 Náutico (Tabaiana)