icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/03/2014
08:27

O pedido da maior parte da torcida do Fluminense foi finalmente atendido por Renato Gaúcho, quando escalou Walter para formar a dupla de ataque ao lado de Fred. Contudo, a mudança no onze inicial do Flu, que deixou Rafael Sobis no banco, não foi capaz de evitar a inesperada derrota para o Horizonte, por 3 a 1, na noite da última quinta-feira, no Ceará, pela primeira fase da Copa do Brasil. 

Mesmo após a derrota e a péssima atuação coletiva do Fluminense, Renato Gaúcho não poupou elogios a dupla de ataque e contou o motivo que teve para substituir Walter na metade do segundo tempo. 

- Foram bom no início, se procuraram, se acharam, criaram boas chances. É a primeira vez que jogam juntos, o Waltinho, devido ao gramado pesado, sentiu um ouco mais e tive que tirá-lo - disse o treinador tricolor.

Para a partida de volta diante do Horizonte, no Rio de Janeiro, Renato Gaúcho confirma que não poupará nenhum jogador, mesmo se estiver nas finais do Campeonato Carioca. 

- (No jogo de volta) É força máxima. Não tem time misto. Em qualquer tipo de jogo, vou com o que tiver de melhor, mesmo se estiver na final do Carioca - concluiu o técnico.

MAIS
> Gum lamenta erros de marcação na derrota para o Horizonte no Ceará
> Após derrota na Copa do Brasil, sede do Flu nas Laranjeiras é pichada

Na quinta-feira, dia 10 de abril, o Flu precisará vencer no mínimo por 2 a 0 para se classificar. Placar de 3 a 1 leva o confronto para os pênaltis. Caso contrário, a vitória terá que ser por margem de três gols.