icons.title signature.placeholder Eduardo Mendes
10/11/2014
20:57

Convocado na tarde desta segunda-feira para o lugar de Lucas, do PSG(FRA), Anderson Talisca se apresentou no hotel em que a Seleção Brasileira está concentrada em Istambul no início da madrugada de terça-feira (horário local). O meia-atacante estava em Paris quando soube da notícia à espera do voo que o levaria para China, onde a Seleção sub-21 fará um período de treinos. A rota, então, foi desviada para a Turquia. De Paris até Istambul o voo tem duração de aproximadamente 3h20.

Ao mesmo tempo surpreso e satisfeito, o meia-atacante do Benfica (POR) admitiu que precisa ainda assimilar a nova realidade e as mudanças bruscas na carreira.

- Estou começando no futebol. Tenho muito a evoluir ainda. Esse é só o começo. As coisas acontecem rápido. Naturalmente aconteceu e agora estou bem.Na minha vida as coisas estão acontecendo bem rápido. Não tenho pressa e aos poucos vou conquistando o meu espaço - comentou.

O jogador contou que por pouco não embarcou para China, mas foi avisado a tempo pelo técnico Gallo, da Seleção sub-21, sobre o chamado de Dunga.

- Fiquei sabendo da lesão do Lucas lá na sub-21. Chato isso, mas ele vai se recuperar e vai voltar logo. O Gallo me ligou e recebei a notícia no aeroporto de Paris. Faltavam duas horas para o embarque - lembrou.

O jogador irá integrar o grupo a partir desta terça-feira e participará do último treino antes do amistoso contra a Turquia, na quarta-feira.