icons.title signature.placeholder Luis Fernando Coutinho
12/12/2013
16:35

O dia 14 de janeiro de 2012 representou um marco na carreira de Chad Mendes. Apesar da derrota por nocaute para José Aldo no UFC 142, que aconteceu no Rio de Janeiro, o americano tomou algumas decisões quanto a seu estilo de luta e garante ter aprendido com a única derrota de seu cartel até então. Quatro lutas depois, o peso-pena da Team Alpha Male já soma quatro vitórias. Todas por nocaute. Diante do UFC Fight Night no Combate: Johson x Benavidez, que acontece neste sábado, em Sacramento, onde encara Nik Lentz, "money" (ou dinheiro) buscará o quinto nocaute em sequência. 

Para se garantir como próximo desafiante ao cinturão de Aldo, Mendes quer uma nova vitória avassaladora para não deixar dúvidas na organização. Em entrevista ao LANCE!Net, Chad avaliou seus últimos resultados e calculou a representatividade que eles devem ter dentro da divisão dos penas. Segundo o americano, um novo triunfo por nocaute pode evitar argumentos contra sua indicação como próximo na fila pelo título.

- Espero que eu seja o próximo se vencer Lentz. Venho de quatro vitórias consecutivas, minha última vitória foi um nocaute em Clay Guida, que nunca havia sido nocauteado... Sinto que essa é uma grande afirmação dentro do UFC. Sinto que uma quinta vitória, especialmente se for por nocaute, me ajudará a conseguir o que quero. O que irão dizer? Acho que devo ser o próximo na disputa pelo título - declarou o lutador, em conversa por telefone.

Mendes ainda avaliou a situação da categoria. Além de concordar com a escolha de Ricardo Lamas como próximo desafiante ao título dos penas, o americano ainda mandou um recado a outro nome que está na fila da divisão. Chad revelou que esperava ganhar sua chance após o nocaute conquistado contra Clay Guida, em agosto passado.

- Esperava ser o próximo pelo título depois que bati Clay Guida. Mas entendo o motivo de terem escolhido o Lamas. Ele já foi retirado de uma chance pelo cinturão algumas vezes. Não acho que seria justo o Cub Swanson ser o próximo. Lamas já finalizou Cub, eu já o venci... Acho que Lamas fez algum sentido - analisou.

Com José Aldo tendo sido sua única derrota na carreira, o americano não esconde que o brasileiro é a pedra no seu sapato. Ainda dono do cinturão da categoria, o manauara já revelou seu desejo de subir para os leves. Ao ser perguntado se o cinturão seria mais importante do que perseguir o rival, Chad afirmou que é um pouco dos dois.

Campeão José Aldo venceu Chad Mendes em janeiro de 2012 (FOTO: UFC)

- É uma mistura das duas coisas. Obviamente quero o cinturão. Adoraria ser o campeão do UFC, e também sei que posso ser o cara a bater José Aldo. Ele me bateu e venceu também o Urijah. Nós somos companheiros de treino, quase irmãos, então seria ótimo pode ir lá e vencê-lo, pelo meu orgulho e pela minha equipe - concluiu.

O UFC Fight Night no Combate: Johson x Benavidez acontece neste sábado, a partir das 19h30, e será transmitido ao vivo pelo canal Combate.

Confira as lutas do show:
CARD PRINCIPAL
Demetrious Johnson x Joseph Benavidez
Urijah Faber x Michael McDonald
Chad Mendes x Nik Lentz
Joe Lauzon x Mac Danzig
CARD PRELIMINAR
Court McGee x Ryan La Flare
Danny Castillo x Edson Barboza
Bobby Green x Pat Healy
Scott Jorgensen x Zach Makovsky
Sam Stout x Cody McKenzie
Abel Trujillo x Roger Bowling
Alp Ozkilic x Darren Uyenoyama