icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/04/2014
19:09

Quatro dias depois de seu pai, Eugenio Afonso Mena Peralta, falecer no Chile, vítima de um infarto, o lateral-esquerdo Mena voltou ao Brasil nesta quinta-feira, e já treinou ao lado dos companheiros de Santos. Apesar do luto, o chileno participou normalmente das atividades sob o comando de Oswaldo de Oliveira. No entanto, segue como dúvida para o segundo jogo das finais do Campeonato Paulista, diante do Ituano.

O pai de Mena sofreu o infarto no último sábado e o atleta viajou ao Chile no dia seguinte, após treinamento no CT Rei Pelé junto com os outros jogadores que não participariam da primeira final - o lateral-esquerdo estava suspenso. Mena ainda ficou algumas horas ao lado de seu pai antes do falecimento, que ocorreu na segunda-feira.

A situação emocional do chileno será observada até domingo pela comissão técnica e pelos psicólogos do clube, temerosos de que a dor de Mena atinja a todos os jogadores do grupo, mais sensíveis pelo acontecimento. Juliane Fechio, profissional do clube responsável pela área, disse ao LANCE!Net que a situação não deve atrapalhar o rendimento da equipe em campo.

Sem Mena e Cicinho, seus laterais titulares, o Peixe foi derrotado por 1 a 0 pelo Ituano, no Pacaembu. As equipes voltam a se enfrentar neste domingo, às 16h. Cicinho retorna normalmente, mas Mena ainda é dúvida.

Antes de final, santistas brincam como crianças em treino