icons.title signature.placeholder Guilherme Abrahão
10/12/2013
19:05

Pouco tempo depois da coletiva de imprensa do presidente Peter Siemsen falando sobre o planejamento do clube para 2014, cerca de 15 membros de uma torcida organizada do Fluminense invadiram a sala da presidência atrás de Peter, dizendo que só sairiam do clube após conversar com ele, mas não encontraram o mandatário.

Na sala, estavam presentes o diretor executivo geral do clube, Jackson Vasconcellos, o vice-presidente de relações institucionais, Alexey Dantas e a gerente executiva jurídica do clube, Roberta Fernandes. Jackson conversou com os torcedores e tentou entrar em contato com o presidente, que já estava em outro compromisso e não poderia voltar ao clube.

O diretor executivo geral passou o recado e disse que Peter está à disposição dos torcedores para conversar de forma pacífica quando eles quisessem. Com a promessa, os ânimos se acalmaram e 20 minutos depois os 15 membros da torcida deixaram as dependências do clube.