icons.title signature.placeholder Alexandre Araújo
22/07/2014
08:00

Um indício a mais da ligação da atual diretoria com Eurico Miranda foi dado recentemente. No fim da última semana, dois membros da cúpula retiraram as respectivas assinaturas da lista que está em anexo ao documento que pede a exclusão do presidente do Conselho de Beneméritos do quadro social. O vice-presidente de patrimônio Manuel Barbosa e o vice de finanças Jayme Lisboa haviam assinado o documento, que tinha 78 assinaturas (o número mínimo exigido em estatuto para que a pauta chegue ao Conselho Deliberativo são 75 assinaturas).

Porém, mesmo com as desistências, o assunto não ser posto em discussão. Isso porque o grupo que organiza o ato conseguiu mais adesões e um novo documento, agora com 80 assinaturas, foi protocolado na última sexta-feira.

A ideia surgiu em maio, quando Eurico teve negado um recurso, que o obrigava a ressarcir o Vasco em R$ 1,3 milhão – sob valores do fim dos anos 1990 – mais correção monetária e juros por conta de um processo que o clube recebeu, após críticas do então mandatário a desembargadores.