icons.title signature.placeholder Felipe Domingues
13/02/2015
11:14

Dentro de quadra, a dupla de Marcelo Melo flutua entre o croata Ivan Dodig, o austríaco Julian Knowle e o brasileiro Bruno Soares. Mas se tem uma parceria que não muda, é a que ocupa o espaço fora da quadra: o irmão Daniel Melo.

Ex-jogador de tênis, alcançando o 79º lugar nas duplas, o irmão de Marcelo é seis anos mais velho, e representa um papel essencial na carreira do atual número quatro do mundo em duplas: o de treinador e, por que não, corneta!

- Eu costumo olhar para fora em todos os pontos. Não que ele me fala sempre o que tenho de fazer, mas virou um costume depois de sete anos. Essa sintonia que temos, ele sabe quando tem de me dizer algo, quando ficar em silêncio. É uma motivação - comentou Marcelo, antes de revelar o lado "birrento do irmão".

- Tem momentos de treinador com jogador, e às vezes de irmão para irmão. Ele me xinga, me dá algumas vaias. (risos). Mas aí é melhor, porque ele xinga, eu xingo, daí fico nervoso e ganho o jogo (risos). No trabalho não brigamos, como irmãos, direto - completou.