icons.title signature.placeholder Frederico Ribeiro e Thiago Fernandes
icons.title signature.placeholder Frederico Ribeiro e Thiago Fernandes
24/07/2013
21:07

Um dos atletas mais queridos da torcida do Atlético-MG é o volante Pierre. Carinho este que independe de, por exemplo, gols marcados. Mas, para a final da Libertadores, o torcedor Luis Roberto, de 29 anos, acredita que o camisa 5 será o herói do título alvinegro, anotando o terceiro e derradeiro tento contra o Olimpia.

Para Luis, Pierre é simplesmente o melhor jogador do atual time de Cuca. E o torcedor já traçou como será a consagração eterna do xodó da Massa, marcando o terceiro gol do Galo no finalzinho.

- Para mim, ele é o melhor jogador do Atlético. Pela raça que tem, a vontade dele é impressionante. Vamos vencer de 3 a 0, com gols de Ronaldinho, de falta, Tardelli e do Pierre. Ele vai pegar um rebote de escanteio aos 47 minutos do segundo tempo, driblará o marcador e chutará no cantinho. Vai ser um golaço - afirmou Luis.

Pierre, se o torcedor acertar em cheio, além de virar ídolo imortal do Galo, conseguirá o seu primeiro gol com a camisa do clube que nutre tamanha identificação. O volante chegou em agosto de 2011 e ainda não fez gol. Há até uma campanha interna do time para que Pierre marque pela primeira vez.

Um dos atletas mais queridos da torcida do Atlético-MG é o volante Pierre. Carinho este que independe de, por exemplo, gols marcados. Mas, para a final da Libertadores, o torcedor Luis Roberto, de 29 anos, acredita que o camisa 5 será o herói do título alvinegro, anotando o terceiro e derradeiro tento contra o Olimpia.

Para Luis, Pierre é simplesmente o melhor jogador do atual time de Cuca. E o torcedor já traçou como será a consagração eterna do xodó da Massa, marcando o terceiro gol do Galo no finalzinho.

- Para mim, ele é o melhor jogador do Atlético. Pela raça que tem, a vontade dele é impressionante. Vamos vencer de 3 a 0, com gols de Ronaldinho, de falta, Tardelli e do Pierre. Ele vai pegar um rebote de escanteio aos 47 minutos do segundo tempo, driblará o marcador e chutará no cantinho. Vai ser um golaço - afirmou Luis.

Pierre, se o torcedor acertar em cheio, além de virar ídolo imortal do Galo, conseguirá o seu primeiro gol com a camisa do clube que nutre tamanha identificação. O volante chegou em agosto de 2011 e ainda não fez gol. Há até uma campanha interna do time para que Pierre marque pela primeira vez.