icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
23/04/2014
10:22

Tudo o que não pode acontecer para o Grêmio é um resultado elástico demais que impeça uma reação em Porto Alegre. É exatamente isso que os jogadores mais experiente tentam passar durante o momento complicado do clube gaúcho, que está há dois jogos sem vencer e começa a definir a vaga para as quartas de final da Liebrtadores com o San Lorenzo, às 22h, no Nuevo Gasómetro.

Os tropeços em sequência, principalmente a goleada no Gre-Nal da final do Gauchão, estremeceram a confiança em Enderson Moreira. A torcida passou a contestá-lo e já o chamou de burro na derrota para o Atlético-PR. O mais importante é retornar vivo da Argentina.

- Um mata-mata de Libertadores não se decide no primeiro jogo. Tem que ser inteligente. Vamos entrar e tentar ganhar, mas se não puder, não podemos perder - opinou o volante Riveros.

Capitão da equipe, o centroavante Barcos seguiu a mesma linha. O argentino quer jogar com o regulamento e entrar em campo na Arena para decidir a vaga para as quartas.
­
- São 180 minutos, tem que ter tranquilidade para jogar e cuidar. Se conseguir o resultado positivo, lá na Arena podemos fazer um grande jogo e tentar a classificação ou reverter - explicou Barcos.