icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/11/2013
00:53

Os torcedores de Santos e Bahia, rivais nesta quinta-feira, às 19h30, no Pacaembu, estão com saudade de vencer. O Peixe não ganha há três partidas, sendo que triunfou pela última vez - contra o Náutico - há quase um mês. Já a situação do Tricolor é ainda mais dramática. A seca dura seis partidas, e a equipe pode até entrar na zona de rebaixamento caso perca e o Fluminense bata o Náutico.

Para este duelo, o Alvinegro terá o reforço do atacante Thiago Ribeiro, recuperado de lesão muscular na coxa esquerda. No entanto, o técnico Claudinei Oliveira não poderá contar com o lateral-esquerda Mena, na seleção chilena, e o atacante Willian José, machucado. Emerson Palmieri e Geuvânio serão os subtitutos deles, respectivamente. O lateral-direito Cicinho também volta ao time.

O Peixe ainda sonha com vaga na Libertadores do ano que vem, embora as chances sejam remotas. Para isso, precisa ganhar os últimos cinco jogos e ainda torcer por uma combinação de resultados.

A arbitragem do confronto terá atenção especial, já que a Federação Baiana de Futebol enviou ofício à CBF pedindo um novo sorteio e não foi atendida. O presidente da FBF, Ednaldo Rodrigues, afirma que o Esquadrão pode acabar sendo prejudicado pois o árbitro principal sorteado para o jogo, Felipe Gomes da Silva, é carioca e pode sentir a pressão já que o Bahia briga com dois times do Rio de Janeiro para não cair. Além disso, os auxiliares são paranaenses, do mesmo estado do Coritiba, outro time que também luta contra o descenso.

Em campo, o técnico Cristóvão Borges não poderá contar com o zagueiro Lucas Fonseca, lesionado. Com o desfalque dele, o capitão Titi volta a ser titular. O treinador também promoveu outras duas modificações no time: saem William Barbio e Fernandão, entram Wallyson e Obina.

FICHA TÉCNICA
SANTOS X BAHIA
Data: 14/11/2013, às 19h30
Estádio: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Árbitro: Felipe Gomes da Silva (RJ-Fifa)
Auxiliares: Bruno Boschilia (PR) e Ivan Carlos Bohn (PR)

SANTOS: Aranha, Cicinho, Edu Dracena, Gustavo e Emerson Palmieri; Alison, Arouca, Cícero e Montillo; Geuvânio e Thiago Ribeiro. Técnico: Claudinei Oliveira.

BAHIA: Marcelo Lomba, Fabricio Lusa, Demerson, Titi, Raul; Fahel, Rafael Miranda, Hélder e Marquinhos; Wallyson e Obina. Técnico: Cristóvão Borges.