icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/06/2014
17:34

Entre um treino e outro na intertemporada do Sport, realizada na cidade de Gravatá, o técnico Eduardo Baptista conseguiu assistir aos jogos da Copa do Mundo e revelou suas impressões sobre a primeira fase e a sequência da competição.

Além da Seleção Brasileira, o técnico do Leão destacou três equipes como favoritas ao título mundial: a Alemanha, na opinião de Baptista, o melhor time da fase de grupos, a Holanda e o Chile, próximo adversário do Brasil.

- Até o momento, vejo a Alemanha como a seleção que tem apresentado o melhor futebol da Copa. Sem dúvidas, é um time que aparece, mais uma vez, entre os favoritos. Também temos a Holanda construindo bons resultados, mas prefiro esperar para ver o que fará no restante da disputa. Por fim, diria que o Chile está firme em sua campanha. Terá um caminho difícil, inclusive pelo fato de cruzar com o gigante Brasil nas oitavas de final - declarou.

Apesar de ter se classificado em primeiro no Grupo A e ser constantemente apontada como maior candidato ao título, Eduardo Baptista acredita que o Brasil tem que evoluir se quiser confirmar o favoritismo. Baptista ainda disse que vê a campanha brasileira em 2014 abaixo do apresentado na Copa das Confederações, em 2013.

- Acho que o Brasil está fugindo um pouco do que fez na campanha do título da Copa das Confederações. Está 'mordendo' menos. O time ainda precisa aprimorar a distribuição do jogo. Ainda apresenta um futebol, de certa forma, estático. Mas, obviamente, é uma grande equipe e aparece entre as favoritas ao título - afirmou o técnico do Leão.

Protagonistas na fase de grupos,  Thomas Muller, da Alemanha e Neymar são as apostas do treinador para  prêmio de maior goleador e também melhor jogador ao final da competição. Muller e Neymar, ao lado de Messi, são os artilheiros da Copa da Mundo com quatro gols em três partidas.

- Para terminar no posto de maior goleador da competição, uma das minhas apostas é o Thomas Müller, da Alemanha, ao lado do brasileiro Neymar. O atacante canarinho, acredito, também chega forte na disputa pelo troféu de principal jogador do torneio - concluiu Baptista.

Depois da Copa do Mundo, o Sport volta a jogar no dia 16 de julho. Em partida válida pela décima rodada do Brasileirão, o Sport enfrenta o Botafogo, às 19h30, na Ilha do Retiro.