icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/11/2013
11:00

Mais um epísódio na crise do Milan. Nesta segunda-feira o atacante Balotelli chegou 20 minutos atrasado ao treino, na véspera da partida contra o Celtic pela Liga dos Campeões.

Nem mesmo a presença de Barbara Berlusconi, filha do proprietário do clube, Silvio Berlusconi, ao centro de treinamento intimidou o atacante.

O Milan atravessa um momento turbulento. O técnico Massimo Allegri está ameaçado no cargo e, internamente, há uma briga de poder entre Barbara Berlusconi e o administrador delegado, Adriano Galliani. Tal distanciamento pode fazer com que o próprio Balotelli, que é representado por Mino Raiola, amigo de Galliani, deixe o clube em breve.

No Campeonato Italiano o Milan faz péssima campanha, ocupando a 13ª colocação. No último fim de semana ficou no empate em 1 a 1 com o Genoa, em casa, mesmo estando boa parte da partida com um jogador a mais.