icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/08/2015
10:32

Depois de Frankie Perez surpreender o mundo das lutas no UFC Canadá, no último domingo, ao anunciar sua aposentadoria do MMA aos 26 anos, algo incomum para a modalidade, um outro nome do evento optou por pendurar as luvas em uma idade considerada precoce para os padrões do esporte. Aos 25 anos, Jordan Mein anunciou sua aposentadoria e disse ir em busca de uma "outra parte da vida" em comunicado oficial divulgado no site do Ultimate.

- Estou pronto para fazer a ransição para uma parte diferente da minha vida. Estou nesse meio há 12 anos, sendo dez profissionalmente, então estou pronto para seguir em frente com a minha vida. Eu comecei a dar aulas. Amo MMA, é apenas o lado da competição, estar em alta intensidade, e agora vou para um aspecto diferente da vida. Apenas não quero competir mais em alto nível. Ainda amo competir na academia, e estou mais inclinado a querer dar aulas ou talvez ir numa direção diferente e deixar o esporte, fazendo outra coisa. Não sei ainda. Acho que serei ou médico ou jogador profissional de boliche - exlicou o lutador, em entrevista ao site oficial da franquia. 

Jordan Mein encerrar sua carreira no MMA com 39 lutas. Ele soma um cartel de 29 vitórias e 10 derrotas em sua trajetória no esporte. No UFC, foram cinco lutas, três vitórias e duas derrotas. A última apresentação do canadense aconteceu em janeiro deste ano, contra Thiago Alves, no UFC 183. Ele foi derrotado por nocaute (chute no corpo) em confronto eletrizante.

Depois de Frankie Perez surpreender o mundo das lutas no UFC Canadá, no último domingo, ao anunciar sua aposentadoria do MMA aos 26 anos, algo incomum para a modalidade, um outro nome do evento optou por pendurar as luvas em uma idade considerada precoce para os padrões do esporte. Aos 25 anos, Jordan Mein anunciou sua aposentadoria e disse ir em busca de uma "outra parte da vida" em comunicado oficial divulgado no site do Ultimate.

- Estou pronto para fazer a ransição para uma parte diferente da minha vida. Estou nesse meio há 12 anos, sendo dez profissionalmente, então estou pronto para seguir em frente com a minha vida. Eu comecei a dar aulas. Amo MMA, é apenas o lado da competição, estar em alta intensidade, e agora vou para um aspecto diferente da vida. Apenas não quero competir mais em alto nível. Ainda amo competir na academia, e estou mais inclinado a querer dar aulas ou talvez ir numa direção diferente e deixar o esporte, fazendo outra coisa. Não sei ainda. Acho que serei ou médico ou jogador profissional de boliche - exlicou o lutador, em entrevista ao site oficial da franquia. 

Jordan Mein encerrar sua carreira no MMA com 39 lutas. Ele soma um cartel de 29 vitórias e 10 derrotas em sua trajetória no esporte. No UFC, foram cinco lutas, três vitórias e duas derrotas. A última apresentação do canadense aconteceu em janeiro deste ano, contra Thiago Alves, no UFC 183. Ele foi derrotado por nocaute (chute no corpo) em confronto eletrizante.