icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
21/02/2015
12:20

Responsável por uma assistência e um gol no Campeonato Carioca, o meia Vinícius vive a expectativa de jogar seu primeiro clássico com a camisa do Fluminense e anseia pela vitória no confronto contra o Vasco, domingo, às 18h30. Separados por apenas um ponto na tabela, o Flu, quarto lugar, tem 12, o Vasco, quinto, tem 11, os clubes farão um duelo com caráter decisivo.

- Todo mundo sempre sonha em jogar grandes partidas. O confronto entre Fluminense e Vasco se encaixa nessa situação. É um jogo de muitas histórias, em que grandes jogadores tiveram a honra de atuar. Não tem como esconder a vontade de que domingo chegue rápido e eu entre em campo para essa partida. O Vasco vem bem no campeonato, e temos que respeitar ao máximo o nosso rival, porque não há favorito em clássico. Mas só a vitória interessa, já que o nosso objetivo é terminar a primeira fase em primeiro lugar e jogar a semifinal e final com a vantagem do empate - disse Vinicius, que jogou nas cinco partidas do Fluminense pelo Campeonato Carioca, sendo três delas como titular.

Sem acordo entre as diretorias acerca do lado em que as torcidas ocupariam no Maracanã, a Federação de Futebol do Rio de Janeiro definiu que o jogo será no Estádio Nilton Santos – novo nome do Estádio Engenhão. Com a decisão, o meia prefere focar no futebol e deixar a polêmica de lado, mas lamenta o fato do clássico não ser no “Maior do Mundo”.

- Partidas importantes sempre têm polêmicas, mas estou completamente focado no jogo e prefiro deixar esses assuntos para os diretores comentarem. É uma pena ter que adiar o sonho de jogar uma grande partida no Maracanã. Desde pequeno, via clássicos com o estádio lotado e imaginava um dia sentir essa emoção. Fluminense e Vasco já fizeram partidas com um número gigante de torcedores. Porém, espero que no Engenhão não seja diferente. Domingo, tenho certeza que entrarei no estádio e verei a nossa torcida apoiando e gritando os noventa minutos - completou o meia.