icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/11/2013
15:15

A derrota para o Figueirense, por 4 a 0, ainda repercute na Ressacada. O meia Luciano, no entanto, pede que a equipe do Avaí deixa para trás o resultado inesperado e direcione o seu foco para a sequência da Série B. O jogador defende que o time catarinense não pode deixar o tropeço no clássico tirar a força da equipe na luta pelo acesso.

- Temos que esquecer o que se passou no clássico. Não vai mais acontecer, sem nenhuma dúvida. Precisamos agora levantar a cabeça, corrigir os erros e nos prepararmos bem para o jogo com o ASA, que será um grande desafio para nosso grupo. Claro que estamos chateados com o resultado da partida com o Figueirense, mas nada está perdido. Nossas chances de acesso são grandes e temos que focar nisso – disse.

Luciano destacou ainda a importância do confronto desta sexta-feira contra o ASA para o Avaí se manter vivo na competição. Apesar da má colocação do rival na tabela, o meia assegurou que o time catarinense não vai entrar de salto alto na partida.

- O ASA, mesmo em uma situação muito complicada, ainda pode se salvar. Temos que respeitar a equipe deles, mas precisamos impor nosso ritmo. É a nossa classificação para a Série A que está em jogo neste momento. Vamos precisar também do apoio da torcida. Ela tem que acreditar no grupo, que já provou que tem muita qualidade – afirmou.

O Avaí, quinto colocado na Série B com 53 pontos, encara o ASA, sexta-feira, às 21h (horário de Brasília), no Estádio Municipal de Arapiraca.