icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
12/07/2013
12:06

A possibilidade de o Atlético-MG atuar com uma equipe reserva contra o Corinthians, neste domingo, no Pacaembu, é real. Os principais jogadores do elenco de Cuca deverão ser preservados para a final da Libertadores na próxima quarta-feira, contra o Olimpia, no Paraguai. Mas nada que cause mais tranquilidade no CT Joaquim Grava.

Pelo menos, é o que garantiu o meia Ibson. O jogador, que será titular contra o Galo após as lesões de Danilo, Douglas e Renato Augusto, não acredita num rival menos forte com os reservas. Ele vê motivação extra para quem tiver em campo.

- É claro que os jogadores que vão entrar vão querer mostrar seu trabalho, tem um elenco muito forte, temos de encarar como um jogo muito importante, porque jogamos em casa e precisamos da vitória - afirmou Ibson, que acompanhou a vitória do rival sobre o Newell´s Old Boys (ARG).

- Vi o jogo, sim. O Atlético tem um grande elenco, demonstrou isso entrando Guilherme e fazendo o gol. Importante um time brasileiro chegar as finais. Infelizmente esse ano num foi possível o Corinthians chegar, chegou o Atlético - completou o meia, lembrando da eliminação da equipe diante do Boca Juniors nas oitavas de final.

O ex-flamenguista terá sua primeira oportunidade na equipe titular de Tite desde que chegou ao clube. Ele vê uma chance de permanecer, mesmo com a forte concorrência no elenco.

- Estou bastante feliz de estar hoje no Corinthians, a oportunidade aparecendo por lesão, espero que possa, competindo bastante, com a ajuda dos companheiros tenho certeza que vamos fazer um grande jogo - lembrou.

- Grupo maravilhoso, comissão técnica sensacional, continuar trabalhando que as coisas vão aparecer normalmente - completou.

Ibson rasga elogios a Tite e ao elenco corintiano

A possibilidade de o Atlético-MG atuar com uma equipe reserva contra o Corinthians, neste domingo, no Pacaembu, é real. Os principais jogadores do elenco de Cuca deverão ser preservados para a final da Libertadores na próxima quarta-feira, contra o Olimpia, no Paraguai. Mas nada que cause mais tranquilidade no CT Joaquim Grava.

Pelo menos, é o que garantiu o meia Ibson. O jogador, que será titular contra o Galo após as lesões de Danilo, Douglas e Renato Augusto, não acredita num rival menos forte com os reservas. Ele vê motivação extra para quem tiver em campo.

- É claro que os jogadores que vão entrar vão querer mostrar seu trabalho, tem um elenco muito forte, temos de encarar como um jogo muito importante, porque jogamos em casa e precisamos da vitória - afirmou Ibson, que acompanhou a vitória do rival sobre o Newell´s Old Boys (ARG).

- Vi o jogo, sim. O Atlético tem um grande elenco, demonstrou isso entrando Guilherme e fazendo o gol. Importante um time brasileiro chegar as finais. Infelizmente esse ano num foi possível o Corinthians chegar, chegou o Atlético - completou o meia, lembrando da eliminação da equipe diante do Boca Juniors nas oitavas de final.

O ex-flamenguista terá sua primeira oportunidade na equipe titular de Tite desde que chegou ao clube. Ele vê uma chance de permanecer, mesmo com a forte concorrência no elenco.

- Estou bastante feliz de estar hoje no Corinthians, a oportunidade aparecendo por lesão, espero que possa, competindo bastante, com a ajuda dos companheiros tenho certeza que vamos fazer um grande jogo - lembrou.

- Grupo maravilhoso, comissão técnica sensacional, continuar trabalhando que as coisas vão aparecer normalmente - completou.

Ibson rasga elogios a Tite e ao elenco corintiano