icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
16/12/2013
15:39

Ronaldinho Gaúcho é, sem dúvidas, a maior esperança do Galo na luta pelo título inédito de campeão mundial de clubes. O camisa 10 atleticano não fez por menos. Melhor do mundo por duas vezes, R10 se tornou um craque mundial e é a grande figura atleticana no Marrocos. Mas a presença do craque, no entanto, não assusta os primeiros adversários do Atlético-MG. Pelo menos para o meia do Raja Casablanca, Vivien Mabide, o auge de Ronaldinho já passou e o meia do Galo já não assusta como antigamente.

- Eu já enfrentei Messi. Se já enfrentei Messi, como vou temer Ronaldinho? Ele não é mais aquele Ronaldinho que jogava no Barcelona. É só nome hoje - falou o meia.

MAIS:
> Atleticanos comentam duelo contra os donos da casa nesta quarta
> Jogadores falam em tom de despedida sobre possível saída de Cuca

Apesar do favoritismo atleticano, o meia não tem razões para não acreditar. Nos dois primeiros jogos do Raja Casablanca no Mundial, os anfitriões venceram o Auckland City e o Monterrey, ambos por 2 a 1. O próximo passo do sonho marroquino é passar pelo Galo e fazer a grande final em seu país.

- Por que não? Vamos chegar à final. Penso que vamos, sim. Confio nisso - completou Vivien.