icons.title signature.placeholder Craque do Futuro - Lucas Bachião Silveira
24/04/2014
17:25

Depois de completar 24 anos de idade, o lateral-direito e meia Medina falou sobre a sua saída do Guarani. Carrasco da Ponte Preta na semifinal do Estadual de 2012, quando o polivalente anotou dois gols naquela partida e caiu de vez nas graças da torcida bugrina. O atleta deixou o clube campineiro, após o Bugre ser eliminado pelo Santa Rita (AL) logo na primeira fase da Copa do Brasil.

Medina lamentou por não ter ajudado o Bugre voltar para a elite do Paulista de 2015. Atualmente, o polivalente tem realizado exercícios em uma academia, em Jaraguá do Sul (SC). Ele reiterou que precisava de uma mudança de ares.

- Sou grato ao Guarani, seja os profissionais que trabalhavam no clube ou a imensa torcida. Sempre fui tratado com muito carinho. O futebol é feito de ciclos e conversei com pessoas próximas a mim e entendemos que nesse momento seria bom respirar um novo ar, pois já estava há muito tempo no Guarani e fiquei muito trise por não ter conseguido ajudar o suficiente o time na busca por uma vaga na Série A-1, que era o grande objetivo no primeiro semestre. O mais importante disso tudo é que deixo o clube pela porta da frente para quem sabe um dia voltar – afirmou o lateral.

O jogador disse que pretende voltar um dia para o Bugre, e quer definir o seu futuro nos próximos dias. O ex-camisa 2 está sem clube e aguarda proposta para fechar com uma nova equipe. O xodó da torcida declarou que já recebeu ofertas de alguns times, mas preferiu não revelar o nomes.

- Já recebi algumas sondagens. Série A e B já começaram e a C começa nesta semana, ou seja, o mercado está começando a esquentar. Minha expectativa é acertar logo com o meu novo time para ajudar nessa arrancada de Brasileirão – encerrou Medina.