icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/07/2014
09:28

O atacante argentino Correa, que foi contratado pelo Atlético de Madrid junto ao San Lorenzo para a próximo temporada, está em situação clínica delicada por causa de um tumor no ventrículo. O jogador teve sua transferência suspensa por causa deste problema cardíaco. A informação foi dada nesta quinta-feira pela imprensa espanhola.

Segundo uma fonte médica do clube colchonero, não identificada, não se sabe ainda se Correa poderá voltar a jogar futebol. Este é um contraponto ao que foi dito pelo presidente do San Lorenzo, Matías Lammens, ao diário argentino "Olé".

- Correa não poderá jogar pelos próximos seis meses por causa de seu problema no ventrículo - disse o dirigentes.

O jogador de 19 anos foi submetido a uma microcirurgia cardíaca em Nova York, sob a supervisão dos médicos do Atlético de Madrid e do San Lorenzo. Correa será submetido a novos exames médicos e o seu tempo de recuperação é incerto.

Em maio deste ano, o Atlético de Madrid pagou ao clube argentino 8,5 milhões de euros (R$ 25,5 milhões) para contratar Correa. Porém durante os exames médicos prévios à assinatura do contrato, foi constatado o problema cardíaco do jogador. A equipe espanhola decidiu suspender a transferência até que haja a recuperação do atleta.