icons.title signature.placeholder Lucas Faraldo
icons.title signature.placeholder Lucas Faraldo
20/08/2015
16:38

O médico do Corinthians, Julio Stancati, concedeu entrevista à imprensa na tarde desta quinta-feira, no CT Joaquim Grava, para explicar com maior precisão a lesão que afastará o atacante Luciano dos gramados de seis a oito meses. O profissional da equipe médica do Timão relatou o sentimento de tristeza do jogador ao receber a notícia sobre a gravidade da contusão. 

– Ele está muito abatido, sem dúvida alguma. Conversamos com ele no fim da manhã de hoje, ele está muito abatido. Mas é um menino de boa cabeça, nessa hora tem de ter um trabalho psicológico, tem só 22 anos, primeira lesão grave que ele é submetido... Certamente ficará bem – declarou o médico.

– Tratamento cirúrgico será feito pelo doutor Joaquim (Grava) semana que vem – completou.

Já nos minutos finais do primeiro tempo do jogo contra o Santos, na última quarta-feira, na Vila Belmiro, Luciano caiu no gramado reclamando de dores no joelho direito. Após exames realizados na manhã desta quinta, foi constatado uma ruptura completa no ligamento cruzado anterior do joelho direito associada à uma lesão no menisco lateral. Stancati relatou as prováveis causas que levaram o camisa 18 corintiano a se contundir.

– Possivelmente uma fadiga muscular associada ao movimento de rotação anti-anatômico do joelho é o que levou à ruptura do ligamento – comentou.

Luciano, por meio de sua página no Facebook, publicou uma mensagem agradecendo o apoio de familiares, amigos e colegas de clube:

"Não existe um momento bom pra lesão. Mas tem coisas que Deus faz por um motivo e não tenho palavras para dizer o que sinto agora... Vou trabalhar, esperar, ter calma e tenho certeza que todo pessoal médico do Corinthians e muita FÉ em Deus vai me ajudar muito para voltar a fazer o que eu amo. Obrigado a todos vcs pelas mensagens!! Obrigado família, companheiros e comissão técnica pelo apoio de todos", escreveu o jogador.

CONFIRA UM BATE-BOLA COM OUTRAS DECLARAÇÕES DO MÉDICO JULIO STANCATI:

A lesão no menisco agrava a ruptura do ligamento cruzado?
A associação de uma lesão meniscal no menisco lateral é um agravante à lesão. É um prognóstico um pouco pior. Mas certamente vai ser bem conduzida a cirurgia e ele vai retornar em boas condições.

Luciano sentiu a lesão, foi atentido no gramado e retornou ao jogo por alguns minutos antes de sair em definitivo. Essa insistência no jogador pode ter agravado a lesão?
Não. No momento do trauma ele estava com o joelho estável por uma contração muscular permanente e estava em condição de voltar. Logo em seguida começou a mancar, as dores apareceram e então tiramos imediatamente.

Luciano acumulou grande sequência de jogos, muito em função de sua presença nos Jogos Pan-Americanos. Isso acasionou algum desgaste no jogador?
Não podemos concluir isso. Ele vinha jogando bastante como todos os outros atletas.

O médico do Corinthians, Julio Stancati, concedeu entrevista à imprensa na tarde desta quinta-feira, no CT Joaquim Grava, para explicar com maior precisão a lesão que afastará o atacante Luciano dos gramados de seis a oito meses. O profissional da equipe médica do Timão relatou o sentimento de tristeza do jogador ao receber a notícia sobre a gravidade da contusão. 

– Ele está muito abatido, sem dúvida alguma. Conversamos com ele no fim da manhã de hoje, ele está muito abatido. Mas é um menino de boa cabeça, nessa hora tem de ter um trabalho psicológico, tem só 22 anos, primeira lesão grave que ele é submetido... Certamente ficará bem – declarou o médico.

– Tratamento cirúrgico será feito pelo doutor Joaquim (Grava) semana que vem – completou.

Já nos minutos finais do primeiro tempo do jogo contra o Santos, na última quarta-feira, na Vila Belmiro, Luciano caiu no gramado reclamando de dores no joelho direito. Após exames realizados na manhã desta quinta, foi constatado uma ruptura completa no ligamento cruzado anterior do joelho direito associada à uma lesão no menisco lateral. Stancati relatou as prováveis causas que levaram o camisa 18 corintiano a se contundir.

– Possivelmente uma fadiga muscular associada ao movimento de rotação anti-anatômico do joelho é o que levou à ruptura do ligamento – comentou.

Luciano, por meio de sua página no Facebook, publicou uma mensagem agradecendo o apoio de familiares, amigos e colegas de clube:

"Não existe um momento bom pra lesão. Mas tem coisas que Deus faz por um motivo e não tenho palavras para dizer o que sinto agora... Vou trabalhar, esperar, ter calma e tenho certeza que todo pessoal médico do Corinthians e muita FÉ em Deus vai me ajudar muito para voltar a fazer o que eu amo. Obrigado a todos vcs pelas mensagens!! Obrigado família, companheiros e comissão técnica pelo apoio de todos", escreveu o jogador.

CONFIRA UM BATE-BOLA COM OUTRAS DECLARAÇÕES DO MÉDICO JULIO STANCATI:

A lesão no menisco agrava a ruptura do ligamento cruzado?
A associação de uma lesão meniscal no menisco lateral é um agravante à lesão. É um prognóstico um pouco pior. Mas certamente vai ser bem conduzida a cirurgia e ele vai retornar em boas condições.

Luciano sentiu a lesão, foi atentido no gramado e retornou ao jogo por alguns minutos antes de sair em definitivo. Essa insistência no jogador pode ter agravado a lesão?
Não. No momento do trauma ele estava com o joelho estável por uma contração muscular permanente e estava em condição de voltar. Logo em seguida começou a mancar, as dores apareceram e então tiramos imediatamente.

Luciano acumulou grande sequência de jogos, muito em função de sua presença nos Jogos Pan-Americanos. Isso acasionou algum desgaste no jogador?
Não podemos concluir isso. Ele vinha jogando bastante como todos os outros atletas.