icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/11/2014
16:30

A notícia de que Anderson Silva passou a noite no hospital no início da semana deixou o mundo do MMA preocupado. O ex-campeão dos médios teve uma lombalgia aguda e chegou a ficar sem sentir as pernas após sessão de treinos de jiu-jitsu em sua academia, no Rio de Janeiro. Apesar do susto, o lutador logo foi lierado e teve assegurada sua volta ao octógono contra Nick Diaz no dia 31 de janeiro, pelo UFC 183, em Las Vegas.

Para esclarecer o que aconteceu com Spider, o Dr. Marcio tannure, médico pessoal do atleta e diretor médico da Comissão Atlética Brasileira de MMA, falou ao site oficial do Ultimate sobre o caso e tranquilizou os torcedores.

- Ele já sentia essas dores antes, não têm nada a ver com o procedimento cirúrgico (realizado na perna esquerda fraturada). A prevenção para esse tipo de problema é feita com fortalecimento e equilíbrio muscular, além de dosar as cargas nos treinos. Ele sentiu dores normais, não entendemos a proporção que tudo isso tomou. As dores podem voltar, tanto é que ele já as sentia antes. Mas não é nada que vá atrapalhar sua carreira - concluiu.