icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/11/2013
22:26

Há exatamente um mês e um dia da estreia no Mundial de Clubes da Fifa, o torcedor do Atlético-MG ganhou uma nova preocupação. Com menos de dois minutos de jogo contra a Portuguesa, na noite de domingo, o zagueiro Réver se machucou ao cair de mau jeito e sentir a panturrilha esquerda. O zagueiro até tentou voltar ao campo de jogo, mas teve que ser substituído por Júlio César.

No intervalo da partida, o médico do clube, Rodrigo Lasmar, comentou sobre a torção no tornozelo. A princípio, não será preciso realizar cirurgia no zagueiro, mas a lesão requer atenção do departamento médico alvinegro.

E MAIS
> Atlético-MG perde jogo e Réver contra a Portuguesa no Canindé

- O Réver melhorou, ainda está sentindo muita dor, mas no exame inicial não aparenta ter nenhuma fratura. Mas ele continua com muita dor, não consegue nem pisar no chão. Foi medicado, vamos esperar um pouco mais, umas duas horas quando os medicamentos vão estar com o efeito melhor - falou o médico do Atlético, à Rádio Itatiaia.

- Todo jogador que sai durante o jogo, faltando menos de um mês para o Mundial, é claro que preocupa, mas a princípio não foi nada mais grave, vamos esperar, avaliar e, se preciso, fazer um exame de imagem - finalizou.