icons.title signature.placeholder Thiago Correia
icons.title signature.placeholder Thiago Correia
15/07/2013
14:49

Thiago Alcântara foi anunciado como novo reforço do Bayern de Munique no último domingo. E uma das especulações que surgiram na imprensa era de que ele tinha aceitado não receber cerca de 2 milhões de euros (R$ 6 milhões) do clube bávaro, ou até mesmo tirado do próprio bolso, para que completasse a transação com o Barcelona. Porém, o pai do apoiador, o ex-jogador Mazinho, negou que isso tenha existido.

- Isso é tudo história, quando eles (imprensa europeia) querem colocar uma situação, inventam de tudo. O Bayern pagou 24 milhões de euros (cerca R$ 72 milhões) e acabou. Estamos contentes, fizemos os contratos, o Thiago está feliz, o Bayern aceitou a proposta, e a gente não desembolsou nada. Seria uma coisa de louco - disse Mazinho em entrevista ao LANCE!Net.

De acordo com os sites oficiais dos clubes, o restante da quantia vai vir de um amistoso entre os rivais da última semifinal da Liga dos Campeões, a ser disputado nos próximos quatro anos. Mazinho garantiu que Thiago está feliz com o contrato assinado.

- Aqui, sempre na hora de contratar, tem essas coisas. Mas o contrato que a gente fez é excelente para o garoto, uma grande possibilidade. Mas pagar para ser transferido, não tem sentido - concluiu.

Vaivém: Thiago Alcântara troca o Barcelona pelo Bayern de Munique

Thiago Alcântara foi anunciado como novo reforço do Bayern de Munique no último domingo. E uma das especulações que surgiram na imprensa era de que ele tinha aceitado não receber cerca de 2 milhões de euros (R$ 6 milhões) do clube bávaro, ou até mesmo tirado do próprio bolso, para que completasse a transação com o Barcelona. Porém, o pai do apoiador, o ex-jogador Mazinho, negou que isso tenha existido.

- Isso é tudo história, quando eles (imprensa europeia) querem colocar uma situação, inventam de tudo. O Bayern pagou 24 milhões de euros (cerca R$ 72 milhões) e acabou. Estamos contentes, fizemos os contratos, o Thiago está feliz, o Bayern aceitou a proposta, e a gente não desembolsou nada. Seria uma coisa de louco - disse Mazinho em entrevista ao LANCE!Net.

De acordo com os sites oficiais dos clubes, o restante da quantia vai vir de um amistoso entre os rivais da última semifinal da Liga dos Campeões, a ser disputado nos próximos quatro anos. Mazinho garantiu que Thiago está feliz com o contrato assinado.

- Aqui, sempre na hora de contratar, tem essas coisas. Mas o contrato que a gente fez é excelente para o garoto, uma grande possibilidade. Mas pagar para ser transferido, não tem sentido - concluiu.

Vaivém: Thiago Alcântara troca o Barcelona pelo Bayern de Munique