icons.title signature.placeholder Daniela Caravaggi
09/11/2013
14:29

O espaço da Coca-Cola, montado no centro de convivência dos Jogos Escolares da Juventude, teve uma presença ilustre na manhã deste sábado. A judoca Mayra Aguiar marcou presença e atendeu a todos presentes no local, com muita simpatia. A atleta, que conquistou medalha de bronze nas Olimpíadas de Londres-2012, na categoria até 78kg, participou e foi campeã do evento estudantil organizado pelo COB em 2007. 

- Me lembro que foi uma competição muito bacana. É um evento que reúne todos os atletas, todos os esportess e isso é uma coisa que anima e incentiva. Foi muito importante para mim e tenho certeza que será para todos esses. Acho que essa caminhada é muito importante. Você viver essa experiência de Olimpíada logo cedo é muito importante - disse a atleta, em entrevista ao LANCE!Net.

Mayra foi embaixadora da etapa de 12 a 14 anos dos Jogos Escolares da Juventude deste ano, que aconteceu em Natal (RN) e diz que essa troca de experiência com os jovens competidores tem uma importância muito grande para o atleta. Ela lembra que esteve perto dos ídolos em 2007 e isso a incentivou ainda mais na prática do esporte.

Mayra, que começou no judô aos 6 anos de idade, se classificou como "muito competitiva" e disse que essa sua característica a prendeu no judô.

- Comecei aos 6 anos porque não parava quieta. Fiz outras modalidades, mas a primeira competição que disputei foi pelo judô e perdi. Foi uma choradeira, mas cheguei em casa e já queria saber qual era a próxima que lugaria. Sou muito competitiva e isso me prendeu ao esporte. Gosto de treinar, mas estar lá, em cima do tatâme disputando uma medalha é maravilhoso - destacou. 

Apesar de não gostar de perder, Mayra diz que o momento mais difícil de uma carreira não é a derrota e sim ficar longe do que mais gosta de fazer. 

- Perder ninguém gosta. É horrivel e sempre me esforçarei para não acontecer, mas o momento difícil nem é a derrota. Na derrota, você leva algo como incentivo. Você ter de ficar longe do esporte é a pior coisa. Já passei por duas cirurgias e uma delas tive de ficar afastada por seis meses. Aquilo foi horrível. Você treina muito, e, quando para, começa a enlouquecer - finalizou a atleta.

Patrocinadora dos Jogos Olímpicos desde 1928, a Coca-Cola está presente nos Jogos Escolares da Juventude em Belém, com um espaço de 100 m² feito de materiais reciclados e sustentáveis, localizado no centro de convivência. Ente algumas atividades disponíveis no espaço, os participantes podem tirar fotos com a Tocha Olímpica de Londres 2012.

*A repórter viaja a convite do COB