icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/07/2014
11:23

Após ter o carro apedrejado na saída do treino, na última segunda-feira, o atacante Maxi Biancucchi se pronunciou sobre o caso. Em nota divulgada nas suas redes sociais, o jogador do Bahia não quis entrar em detalhes, lembrando que a investigação é responsabilidade da polícia.

- Quanto ao que houve, quem vai se preocupar com isso, e tem muita competência para tal, é a polícia. Já há algumas suspeitas - resumiu.

O atacante reconhece a má fase vivida por ele e pelo Esquadrão de Aço, mas afirma que tem trabalhado diariamente para voltar à boa forma.

- Tenho me cobrado muito sobre esse momento e a minha família sabe disso. Saibam que sou o primeiro que sofre por essa fase ruim.

A diretoria do Bahia apoiou Maxi, que prestou queixa nesta terça-feira, lançando uma campanha em seu site contra a violência dos torcedores. A imagem com os dizeres "Cobrança sim, violência não" teve pouco mais de 1.300 compartilhamentos nas redes sociais.


Campanha contra violência lançada pelo Bahia nas redes sociais (Foto: Divulgação)

Confira a nota de Maxi Biancucchi na íntegra:

“AGRADECIMENTO e MOTIVAÇÃO

Depois do que ocorreu comigo nesta semana, quero dizer que já passei por muitas coisas na vida. Tudo tenho conquistado na base de esforço, trabalho e muitos foram os obstáculos.

Tenho me cobrado muito sobre esse momento e a minha família sabe disso. Saibam que sou o primeiro que sofre por essa fase ruim. Só que as coisas precisam mudar. Não estou acostumado a marcar mais do que atacar. Cumpro as ordens mas tenho meus limites. Mas agora, tenho certeza que vamos ter uma equipe mais ofensiva, empurrada por vocês e que vai sair desta fase. Quero muito agradecer ao torcedor do Bahia que lotou minhas redes sociais de apoio e mensagens carinhosas. Saibam que estou muito focado e ainda mais motivado do que já estava para tirar nosso querido clube desta situação.

Quanto ao que houve, quem vai se preocupar com isso, e tem muita competência para tal, é a polícia. Já há algumas suspeitas.

Minha vida pertence ao Senhor Jesus, ele é minha fortaleza.

Muito obrigado e bora Baea!!”