icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
24/07/2014
12:25

O ex-volante Mauro Silva, que irá assumir a função de auxiliar técnico pontual da Seleção Brasileira com Dunga, emitiu uma nota oficial nesta quinta-feira para explicar o que pretende fazer no cargo.

Mauro, companheiro do novo técnico do Brasil na Copa-1994, ressalta que o fato de trabalhar na CBF, segundo ele sem remuneração, não apaga as ideias expostas recentemente, clamando por melhorias no futebol nacional por parte da CBF.

- Penso que contribuir com a Seleção de forma técnica, pontual e não remunerada em nada reduz a legitimidade das opiniões que tenho emitido sobre a necessidade de melhorias estruturais no futebol brasileiro - disse Mauro.

O ex-jogador reforçou a explicação do coordenador de Seleções, Gilmar Rinaldi, sobre o prazo de validade na comissão técnica do Brasil.

- Minhas atribuições serão exclusivamente técnicas e restritas as duas partidas amistosas a serem disputadas nos Estados Unidos no próximo mês de setembro. Com a experiência adquirida ao longo de 13 anos no futebol europeu e mais de dez anos na Seleção, espero auxiliar a nova comissão e os atletas que serão convocados com observações táticas, técnicas e comportamentais - completou.

Os jogos em que Mauro atuará são contra Colômbia e Equador, nos dias 5 e 9 de setembro.