icons.title signature.placeholder Lucas Pedrosa
24/02/2015
21:18

Após a queda, acompanhada da crise financeira que paira sobre o clube, o Botafogo vem dando a volta por cima em 2015. Líder isolado do Campeonato Carioca, com 16 pontos, o começo de temporada do time é bem diferente de como terminou 2014, algo que dá confiança para a equipe. Um dos poucos a permanecer no Alvinegro este ano, o volante Marcelo Mattos, acredita que a equipe está em um bom momento, mas prega humildade para o restante da competição.

-  Não vamos parar por aqui. Acho que não conquistamos nada ainda. Só estamos na liderança, o importante é a gente estar entre os quatro e colocar o Botafogo na semi-final da Taça Guanabara. Superar o ano passado que foi muito dificil e vai ser um ano muito complicado para o Botafogo. Vamos "abaixar", não vai ser qualquer coisa que vai deixar a gente com saltinho alto - afirmou o volante.

PERMANÊNCIA
Mattos foi um dos poucos remanescentes do time que caiu no ano passado. Ao lado de Jefferson, ele vem sendo a referência do elenco atual. O jogador quase deixou o clube por conta dos salários atrasados, mas afirmou que ficou na equipe porque acreditou no projeto que lhe foi oferecido, além de não querer deixar uma imagem ruim com a camisa do Alvinegro.

- Eu queria ficar porque eu acho que não fiz tudo que eu queria fazer no Botafogo. Tive uma lesão no ano passado, depois tive uma cirurgia que achei que ia ficar 20 dias, mas teve complicações. Joguei quatro ou cinco jogos, então não pude fazer muita coisa. Não quero sair como jogador que não deu certo, que teve muitas lesões, mas eu quero sair daqui, se um dia tiver que sair, como um jogador que teve lesões, foi para a segunda divisão, mas voltou com a equipe para a primeira. Quero marcar meu nome no Botafogo. Acreditei no projeto e nas pessoas dessa diretoria - disse o jogador.

CLÁSSICO
Experiente e com bagagem no futebol, Marcelo Mattos já jogou muitos clássicos em sua carreira, tanto paulistas, como cariocas, já que defendeu o Corinthians. Em mais um partida no Maracanã, desta vez contra o Flamengo, o volante disse que até se "segurou" para não ser suspenso no último jogo, diante do Nova Iguaçu, e se mostrou empolgado para o clássico.

- Para mim, é bom demais jogador contra o Flamengo. A última partida que nós vencemos, sobre o Nova Iguaçu, eu estava pendurado com dois amarelos, e fiquei com uma preocupação de ficar de fora de um jogo como esse (risos). É que vai bastante torcida, que qualquer jogador gosta de participar. Que vença o melhor. Nada melhor que passar por um clássico desses. Todos vão ter uma boa partida no domingo.

O jogo contra o Flamengo acontece no próximo domingo, às 16h, no Maracanã. Será o primeiro clássico do ano no estádio, válido pela sexta rodada do Campeonato Carioca.