icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
17/11/2014
12:07

A vitória por 1 a 0 diantedo Santos foi simples, mas crucial para o Cruzeiro dar mais um passo importante na temporada de 2014. O gol de Ricardo Goulart garantiu matematicamente o clube celeste na Libertadores do ano que vem. Agora com 70 pontos na tabela de classificação, a equipe de Marcelo Oliveira, caso não alcance o título, poderá ser ultrapassada por no máximo três equipes. Batido o primeiro obetivo, o clube passa agora a fazer as contas para ser campeão o mais rápido possível.

O objetivo celeste é chagar no segundo jogo da finalíssima da Copa do Brasil ja com o título brasileiro nas mãos. Mas para pegar o Atlético-MG já com a faixa no peito, a Raposa terá que vencer mais uma partida fora de casa. Depois de superar o Santos, o clube quer também triunfar sobre o Grêmio, nesta quinta-feira em Porto Alegre. Se acontecer, a diferença para o São Paulo aumentaria para sete pontos, e o clube já teria a chance de ser campeão no final de semana, contra o Goiás, no Mineirão, sem ter que depender do tricolor paulista.

MAIS:
> Raposa bate o Peixe e coloca as mãos na taça
> Samúdio continua invicto com o Cruzeiro no Brasileiro

Se empatar diante do Grêmio, o Cruzeiro teria que vencer o Goiás e torcer para o tropeço do São Paulo no clássico contra o Santos, no domingo. Caso perca para o tricolor gaúcho, as chances de chegar ao título dentro do Mineirão também são reais, já que continuaria tendo que superar o Goiás e torcer para que o São Paulo não passasse pelo Peixe.