icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/03/2014
10:02

Pelo segundo final de semana seguido, o treino de classificação para um GP da Fórmula 1 acontece debaixo de chuva e, novamente, a Williams tem problemas para dar melhores posições aos seus pilotos. Dessa vez, Felipe Massa foi apenas o 13º, enquanto seu companheiro, Valtteri Bottas, cravou o 15º tempo. O finlandês ainda foi punido por atrapalhar Ricciardo no Q2 e perdeu 3 posições, largando, assim, em 18º.

- Nas condições de pista seca, nós normalmente brigamos por posições no Top 6 e o carro é bom, mas quando chove, o carro perde aderência traseira e fica instável e muito escorregadio, o que é algo que precisamos corrigir - afirmou Massa.

No último final de semana de GP, na Austrália, o piloto sofreu com a chuva que assolou a pista de Melbourne durante o Q2 e o Q3, e conseguiu levar seu carro apenas até a 9ª colocação. Na largada, com a pista seca e sem chuva durante todo o GP, foi atropelado na largada, e viu dos boxes seu companheiro Valtteri Bottas realizar uma série de ultrapassagens e encerrar a corrida em quinto lugar.

- É uma pena que a classificação não reflete onde nós deveríamos estar. O bom é que os carros parecem estar muito próximos em termos de tempo de volta e eu espero que tenhamos condições de pista diferentes, já que carro é outro no seco - completou.

Durante o Q2, Massa e Bottas tentaram uma estratégia diferente, indo à pista com pneus intermediários, ao contrário dos outros pilotos. Após algumas voltas escorregadias, ambos os pilotos voltaram aos boxes para trocar o composto por um de pista molhada. Sem tempo para lançar novas voltas, tiveram apenas mais uma para tentar a classificação ao Q3, e não conseguiram.

- No todo, foi um dia desapontador para nós. No Q2, Valtteri tentou começar com os pneus intermediários e o Felipe sentiu que os pneus para chuva forte eram melhores para nós. Enquanto a chuva seguia a cair, ambos estavam mostrando falta de aderência e instabilidade na traseira, mudaram os pneus para tentar melhorar, mas não encontraram o tempo necessário para seguir ao Q3 - confirmou o engenheiro e chefe de testes da equipe, Rod Nelson.