icons.title signature.placeholder Michel Castellar
22/11/2014
15:28

As mascotes olímpica e paralímpica dos Jogos Rio-2016 já nascerão conectadas à internet. Perfis sociais em vários sites de relacionamentos estão prontos e entrarão no ar assim que as duas personagens forem reveladas na noite de domingo.

- Foi um trabalho desafiador e, ao mesmo tempo, fascinante criar a linguagem das mascotes. Decidir o que elas poderão ou não falar. Como irão se expressar, o tom de voz - contou a diretora de Marca do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio-2016, Beth Lula.

A intenção é a de que perfis em sites como Facebook e Twitter ajudem, principalmente, na interatividade com crianças, jovens e adolescentes. Um site oficial especialmente para as mascotes também foi criado.

Depois de serem reveladas na noite de domingo, a primeira aparição pública das mascotes cariocas ocorrerá na segunda-feira. As duas irão se encontrar com alunos do Ginásio Experimental Olímpico Juan Antonio Samaranch, em Santa Teresa, Zona Sul.

Um júri formado por 14 pessoas foi o responsável pela escolha das mascotes, que ocorreu de forma unânime. A partir de segunda-feira, o público poderá decidir os nomes das duas personagens, via site oficial do Comitê Rio-2016, e o resultado será conhecido no dia 14 de dezembro.

E enquanto as novas mascotes não são reveladas, personagens de outras edições de Jogos Olímpicos e Paralímpicos passeiam pelo Rio. Na manhã deste sábado, Misha (Moscou-1980), Athena (Atenas-2004), Fu Niu Lele (Pequim-2008), além de Wenlock e Mandeville (Londres-2012) foram ao Maracanã e, à tarde, o passeio era na Quinta da Boa Vista e nos Arcos da Lapa.