icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/07/2014
11:38

Apresentado oficialmente pela diretoria do Coritiba, o meia argentino Martinuccio chega ao clube com discurso otimista. Jogador que sofreu com lesões no passado, dificultando a permanência no time titular do Fluminense, Martinuccio revla que já está recuperado e pronto para ajudar o Coxa.

- Eu tive no Cruzeiro uma sequência em que não consegui me recuperar. Senti que tinha que ir para outros lados. Fui para outros médicos e consegui ficar 100%. Hoje, cheguei aqui no Coritiba e falei para os médicos fazerem os exames para ver que eu estou 100%. Desde sexta-feira, fiz todos os exames, hoje estou aqui fazendo a apresentação e treinando com o time só para mostrar que estou 100%, fazendo trabalho físico. Quando o Celso Roth quiser me colocar no campo, estarei pronto.

Sobre o técnico Celso Roth, o meia revelou que decidiu defender o Coritiba justamente para trabalhar com o treinador. Eles já trabalharam juntos quando Martinuccio defendia o Cruzeiro.

- Eu tinha muitas propostas, sim. Mas tratei de escolher quando o Celso Roth me ligou e me propôs a vir jogar aqui no Coritiba, para mim, depois de tanto tempo que fiquei jogando e não jogando no Cruzeiro, o melhor era primeiro começar a jogar, ainda mais aqui em um time brasileiro. Era muito mais do que um desafio.

Sobre o momento ruim do Coxa no Brasileirão, ocupando a zona de rebaixamento, Martinuccio afirma que será responsabilidade de todo o elenco tirar o clube da zona da degola.

- O time se compõe de muitos jogadores, não por só um. Tem muitos jogadores e entram só 11 em campo. Eu acho que são importantes tanto os que jogam quanto os que ficam de fora. Mas, lógico, estou chegando aqui, e o torcedor vai querer muita coisa. Vou tentar fazer o melhor. Todo mundo vai ajudar para que o Coritiba saia desse G-4 aí de baixo.