icons.title signature.placeholder Guilherme Borini
09/07/2014
10:07

O torcedor do Vasco finalmente pode ficar tranquilo com a camisa 1 da equipe. Após diversos problemas com goleiros desde a saída de Fernando Prass, o clube fez uma aposta certeira no início da temporada: o uruguaio Martín Silva.

Respaldado pela excelente campanha com o Olímpia, do Paraguai, no vice-campeonato da Copa Libertadores de 2013, o uruguaio já chegou conquistando a confiança no Vasco. Logo no seu primeiro campeonato pelo Cruz-Maltino, foi eleito o melhor da posição no Carioca e já se tornou um ídolo precoce da torcida. Tamanho carinho impressiona até ao jogador.

- É estranho, mas uma surpresa muito agradável. Me deixa contente que as primeiras impressões com a camisa do Vasco foram boas. Sempre lindo trabalhar em um clima que se sente acolhido, tanto pelos companheiros de Vasco quanto pela torcida. Sempre motiva e só tenho a agradecer a todos pelo carinho – disse o experiente arqueiro, de 31 anos.

Camisa 'uruguaia' em homenagem a Martín Silva (Foto: Divulgação)

A relação do atleta com a torcida foi explorada pelo Vasco. O clube lançou uma camisa celeste em homenagem ao jogador, que foi convocado pela seleção do Uruguai para a disputa da Copa do Mundo – foi reserva de Fernando Muslera na campanha que terminou nas oitavas de final.

- Gostei, é muito linda. É um orgulho para a instituição ter um jogador convocado no Mundial e fico muito agradecido pela homenagem. Sempre que tiver uma camiseta no estádio, vai ser uma alegria imensa para mim, porque sei que é uma homenagem à minha participação na Copa e a toda seleção uruguaia – completou o atleta.

Martín Silva é um dos pilares do técnico Adilson Batista para a recuperação na Série B em uma tentativa de arrancada rumo ao acesso à elite do futebol brasileiro. Após uma semana de folga desde o término da participação do Uruguai na Copa, o jogador já está reintegrado ao grupo e deve voltar ao time titular no próximo dia 15, na partida contra o Santa Cruz, na Arena Pantanal, em Cuiaba.