icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
23/11/2013
22:57

Após a vitória do Vasco por 2 a 1 sobre o Cruzeiro, neste sábado, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro, Marlone, que vive a iminência de mudar de time justamente para a Raposa, abraçou o técnico adversário, Marcelo Oliveira. E o meia do Cruz-Maltino teve de esclarecer o motivo do cumprimento ao técnico e ainda desconversou sobre ter assinado um pré-contrato com o clube mineiro.

– Eu sou grato pelo que ele me fez. Ele me lançou (ao elenco profissional). Mas meu foco é o Vasco, é mais gratidão mesmo. Não assinei nada. Todo mundo diz, mas não estou sabendo de nada - disse o meia.

Conforme mostrado pelo LANCE!Net no último sábado, Marlone já tem um pré-contrato com o clube mineiro, que prevê até multa em caso de não cumprimento. O acordo foi assinado pelo jogador, seus empresário, Reginaldo Duarte e o Cruzeiro, além de um grupo de investidores que vai pagar pela transação.

Sobre a vitória sobre o Cruzeiro, o meia exaltou a determinação do time, mas lembrou que os próximos dois jogos terão clima de guerra:

– Todo mundo está de parabéns. Viemos determinados. E, independentemente de tudo que aconteça, o lugar do Vasco é na primeira divisão. Hoje (sábado), a vitória era tudo. Agora temos mais duas guerras - completou.

A próxima "guerra" do Vasco é contra o já rebaixado Náutico, no próximo dia 1º, às 17h, também no Maracanã.