icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
12/12/2013
15:09

Após ter realizado uma das batalhas mais épicas da história dos pesos-pesados, Mark Hunt não vê necessidade de lutar uma revanche contra Antonio Pezão. Mesmo com o fato um novo confronto entre os dois estar sendo especulado, o neozelandês acredita que não tem como um novo duelo ser tão bom quanto o primeiro.

- Honestamente, não (gostaria de fazer uma revanche). Provavelmente não vai ser uma luta tão boa quanto a primeira e deve terminar bem mais rápido. Então, honestamente acho que não precisa. Por que arruinar uma coisa boa? - afirmou o lutador, em entrevista ao site americano "MMA Junkie".

Analisando o combate, Hunt ainda considerou o resultado justo. Segundo o atleta, a vitória poderia ter ido para qualquer um dos dois, e o que realmente importa é que foi uma grande luta.

- Foi muito equilibrado. Não me importo de ter sido empate. Nós demos tudo lá dentro e ainda voltamos inteiros para nossas famílias. Qualquer um dos dois poderia ter saído vencedor. Você pode usar muitos argumentos para apontar quem venceu a luta ou foi melhor, mas quem se importa? Foi uma luta muito boa - comentou o peso-pesado, que ainda relembrou do momento em que quase perdeu por nocaute técnico, no quarto round.

- Tudo que pensava na hora era: "Espero que esse juiz idiota não termine a luta". Não tinha nada de errado comigo. Ainda estava respondendo aos golpes, só esperando que ele não acabasse. Minha mente ainda estava na luta - concluiu o atleta.

Mark Hunt e Antonio Pezão realizaram o evento principal do UFC Fight Night Combate: Silva x Hunt, que aconteceu na última sexta-feira, na Austrália. Após 25 minutos de luta, os juízes declararam empate por decisão dividida.