icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
24/11/2014
19:21

Ao que tudo indica, Mano Menezes não deve permanecer no Corinthians para a próxima temporada. Em entrevista à Rádio Globo, na noite desta segunda-feira, o presidente do Timão até defendeu a renovação do contrato do treinador. O próprio Mário Gobbi Filho, contudo, lamentou a oposição interna à permanência do técnico, e deu a entender que foi vencido nos bastidores.

Conforme revelado pelo LANCE!Net no fim de outubro, o presidente confirmou ter mudado de opinião sobre a necessidade de contratar um técnico para janeiro de 2015. Em princípio, Gobbi era contrário à contratação de um treinador antes das eleições presidenciais do Corinthians (7 de fevereiro). Ao receber críticas devido à perspectiva de o time começar a temporada com um comando interino, o mandatário afirmou seu compromisso em trazer um substituto para Mano Menezes.

– Se eu fosse o presidente mais um ano, o contrato do Mano já estaria renovado. O Corinthians vai, tudo indica, entrar na Libertadores. A Libertadores era nosso objetivo maior. Estamos vivendo esse momento intensamente e cuidando para nada sair errado. E eu não posso deixar o clube sem técnico porque a Libertadores começa em janeiro. O Corinthians terá esse técnico – disse o mandatário.

– Não farei isso (tentar convencer os opositores da permanência do Mano). Os fatos falam por si só. Para bom entendedor meia palavra basta. Quero que a decisão saia livremente de dentro dos candidatos – completou.

Mano Menezes tem contrato com o Corinthians até 31 de dezembro. Sob comando do treinador, o Timão foi eliminado na primeira fase do Paulistão e nas quartas de final da Copa do Brasil. No Brasileirão, ocupa a terceira posição a duas rodadas do término da competição.