icons.title signature.placeholder Felipe Bolguese
15/04/2014
11:52

Em evento realizado na manhã desta terça-feira, a Odebrecht, construtora responsável por erguer a Arena Corinthians, entregou as chaves do estádio para Andrés Sanches e Mário Gobbi. A entrega, entretanto, é simbólica já que o local ainda passa por adaptações para receber a Copa do Mundo.

Em seu discurso, o presidente corintiano disse estar emocionado e fez questão de lembrar não só que as obras irão continuar, mas que o clube irá arcar com as contas do estádio.

- Emoção muito grande, nos toca. Neste ato simbólico, o Corinthians recebe da Odebrecht a sua casa. É uma casa particular, privada, o Corinthians vai pagar pela obra, por esta casa. E recebe para que inicie os trabalhos operacionais de adaptação de tudo que será feito e utilizado no seu interior - disse ele.  

Já Andrés Sanches, responsável pela obra, rememorou as mortes ocorridas durante as obras e deixou claro que o estádio vai estar pronto para sediar o Mundial de Clubes da FIFA.

- Não podemos deixar de lembrar e homenagear as três mortes que tiveram aqui. Foi muito triste, infelizmente são horas que chegam, vidas que se vão. Para vocês que ficam falando que está inacabado, realmente algumas coisas ainda têm que se terminar. Nas próximas semanas até o fim de maio vai acabar tudo para fazer a Copa do Mundo - afirmou o responsável pelas obras na Arena Corinthians

Vale lembrar que o estádio alvinegro irá sediar a abertura da Copa do Mundo. O primeiro jogo está marcado para 12 junho, onde a Seleção Brasileira enfrenta a Croácia.

Andrés anuncia série de eventos na Arena Corinthians