icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/04/2014
16:27

Presente na eleição do conselho deliberativo do São Paulo, que aconteceu neste sábado, o presidente da CBF, José Maria Marin se manifestou pela primeira vez sobre a liminar favorável à Portuguesa que mantém o clube na primeira divisão do Campeonato Brasileiro deste ano. A liminar, que foi concedida pelo juiz da 43ª Vara Cível de São Paulo Miguel Ferrari Junior, também proíbe que Fifa, CBF e Federação Paulista punam a Lusa.

- Confio plenamente no meu departamento jurídico. Estou tranquilo e a tabela será cumprida - declarou o dirigente da CBF após deixar seu voto no Morumbi.

DE PRIMA:
> Para Portuguesa, ação contra CBF pode chegar ao STF

José Maria Marin não escondeu seu voto. É público seu apoio à Carlos Miguel Aidar, que advoga pela CBF em ações movidas por torcedores contra a decisão do STJD que retirou pontos de Portuguesa e Flamengo. Além disso, Marin não economizou elogios ao presidente Juvenal Juvêncio, que deixa o cargo no próximo dia 16 de abril.