icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
02/07/2014
14:02

Um dia após ter se transformado no herói da classificação argentina para as quartas de final da Copa do Mundo, o meia Di María ganhou as manchetes da imprensa esportiva espanhola por causa do mercado de transferências. Segundo o diário "Marca", o jogador deseja deixar o Real Madrid após o Mundial.

A intenção de Di María reside no fato de uma insatisfação por ter sempre o seu nome colocado como moeda de troca quando o Real Madrid se interessa por algum outro jogador. Assim foi na negociação por Bale com o Tottenham, e nas especulações com relação a Pogba e Vidal com a Juventus.

LEIA TAMBÉM:
> Carol Portaluppi ou Charlotte Caniggia? Vote no duelo dessas musas
> Polícia Federal já deportou 33 barras argentinos
> Revenda de ingresso em Fortaleza 1.818% mais caro que oficial
> Apesar de eliminação, Inler se diz satisfeito com campanha da Suíça

Clubes interessados no argentino não faltam. O primeiro da lista é o PSG. O clube francês há tempos está interessado em Di María, e segue se reforçando para alcançar o patamar de equipe top da Europa. Os parisienses, por exemplo, acabam de contratar o zagueiro David Luiz.

No entanto, Di María veria como grande objetivo uma transferência para o futebol inglês. Manchester United, Manchester City, Arsenal e Chelsea poderiam brigar pelo meia. Nesta briga, os dois clubes londrinos estão na frente por causa da preferência do jogador em viver na capital inglesa.

Correndo por fora estão Juventus e Monaco. A Juve, embora sem a mesma força econômica do passado, segue sendo uma marca importante do futebol europeu. Já o Monaco não estaria entre os destinos favoritos de Di María, embora o Real Madrid possa inclui-lo em uma troca pelo colombiano James Rodríguez.