icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/07/2014
15:02

O Brasil garantiu neste sábado sua segunda medalha no Grand Prix de Ulaanbaatar, na Mongólia. A judoca Maria Portela, da categoria médio (até 70 kg), bateu a canadense Kelita Zupancic, atual quarta colocada do ranking mundial, por ippon, e conquistou o bronze. No dia anteior, Eric Takabatake tinha faturado a prata na categoria até 60kg.

Atualmente na 27ª posição no ranking mundial, Portela deve subir na lista e se garantir entre as representantes do país no Campeonato Mundial, que acontecerá entre 25 e 31 de agosto, na Rússia.

– Tenho pensado em uma competição de cada vez, e nesse momento foi aqui. Agora é me preparar para o treino esta semana e depois para o treinamento da Alemanha – disse a atleta.

Antes de brigar pelo bronze, Portela fez outras três lutas e ganhou duas. Nas eliminatórias, derrotou a cazaque Dilbar Umiraliyeva. Depois, perdeu para a coreana Ye-Sul Hwang e, na repescagem, venceu a norte-coreana Jong Sun Kim.

Outra brasileira na categoria médio, Nádia Merli, ganhou a primeira luta, contra a coreana Eunjung Kim, mas perdeu o segundo combate para a mongol Naranjargal Tsend Ayush e terminou a competição em sétimo lugar, após perder na repescagem para a georgiana Esther Stam.

Já Mariana Silva (63kg), Nádia Merli (70kg) e Bruno Mendonça (73kg) perderam seus confrontos e ficaram fora das disputas por medalhas.