icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
02/04/2014
12:34

Necessitando vencer as duas próximas partidas da Copa Libertadores para se classificar às oitavas de final, o Cruzeiro, que já deixou o país rumo ao Chile, levando 21 jogadores para tentar superar a Universidad de Chile e voltar de Santiago ainda com chances de diputar o mata-mata da Copa Libertadores. Da delegação que deixou o Brasil nesta manhã de quarta-feira, o atacante Borges e o lateral Egídio foram as ausências mais sentidas.

Artilheiro da temporada passada, Borges foi poupado pelo departamento médico, devido à recente volta aos gramados, após uma lesão muscular na coxa direita. Já o lateral Egídio levou uma pancada no tornozelo direito, ainda na reapresentação do plantel no início da semana, e também não faz partes dos planos de Marcelo Oliveira para a partida.

MAIS:
> Por expulsão contra o Defensor, Nilton pega três jogos de gancho
> Ainda em tratamento, lateral Ceará viaja com o grupo para Santiago

Ainda na tarde desta quarta-feira, a delegação da Raposa desembarca no Chile e inicia a concentração para a partida. O treinador Marcelo Oliveira ainda irá comandae o primeiro e único treinamento no local do jogo. A atividade no Estádio Nacional de Chile, em Santiago, está marcada para às 19h.

O jogo contra a La U será realizado às 20h45 desta quinta-feira. Com apenas quatro pontos no grupo 5 da Liberta, o Cruzeiro precisa vencer os dois próximos jogos no torneio. Qualquer outro resultado senão a vitória no Chile elimina o time estrelado pela primeira vez em uma fase de grupos da Libertadores.

Abaixo, os 21 atletas relacionados para o jogo no Chile:

Goleiros: Elisson e Fábio
Laterais-direitos: Ceará e Mayke
Zagueiros: Bruno Rodrigo, Dedé e Léo
Lateral-esquerdo: Samudio
Volantes: Henrique, Lucas Silva, Souza e Tinga
Meias: Alisson, Elber, Everton Ribeiro, Júlio Baptista e Ricardo Goulart
Atacantes: Dagoberto, Luan, Marcelo Moreno e Willian