icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/07/2013
12:27

Com a vantagem de cinco gols diante do Atlético-GO, o Cruzeiro joga, nesta quarta-feira, em Goiânia para selar a classificação às oitavas de final da Copa do Brasil. O jogo contra o Dragão servirá para Marcelo Oliveira promover a entrada de alguns jogadores no time titular e se dar ao luxo de poupar outros atletas para a partida de sábado, contra o São Paulo, pelo Brasileirão.

Apesar da goleada no jogo de ida, o treinador celeste quer a Raposa compromissada com mais uma vitória diante do Atlético-GO. Marcelo Oliveira comenta que o duelo será benéfico para testar algumas peças que não vinham sendo muito aproveitadas no time principal, mas qualquer descuido ainda pode estragar a noite azul.

MAIS:
> Para confirmar classificação, mistão da Raposa visita o Dragão
> Após recusar oferta do Porto, Cruzeiro negocia Sebá por R$1mi

- A partida serve de observação, mas o foco é no jogo. Não dá para facilitar. O sentimento tem que ser esse, não só classificar, mas tentar ganhar o jogo. Com a vitória, talvez a classificação se torne mais tranquila. Mas dá para observar também - comentou o treinador, antes de pregar cautela diante do Dragão no Serra Dourada:

- Encaminhamos a classificação, mas não é definitivo, no futebol pode tudo. Bastar estar desatento achando que já ganhou... - completou.

Para o jogo das 19h30, diante do Atlético-GO, Marcelo Oliveira já comentou que o Cruzeiro deverá entrar em campo repleto de reservas. O capitão Fábio, Egídio, Lucca e Ricardo Goulart deverão ser os únicos jogadores que entrarão novamente em campo, após a atuação contra o Náutico, no último domingo. Para o confronto, os onze iniciais de Marcelo Oliveira serão Fábio, Lucas Silva, Léo, Paulão e Wallace. Uelliton, Leandro Guerreiro, Tinga e Lucca. Ricardo Goulart e Vinícius Araújo.

Com a vantagem de cinco gols diante do Atlético-GO, o Cruzeiro joga, nesta quarta-feira, em Goiânia para selar a classificação às oitavas de final da Copa do Brasil. O jogo contra o Dragão servirá para Marcelo Oliveira promover a entrada de alguns jogadores no time titular e se dar ao luxo de poupar outros atletas para a partida de sábado, contra o São Paulo, pelo Brasileirão.

Apesar da goleada no jogo de ida, o treinador celeste quer a Raposa compromissada com mais uma vitória diante do Atlético-GO. Marcelo Oliveira comenta que o duelo será benéfico para testar algumas peças que não vinham sendo muito aproveitadas no time principal, mas qualquer descuido ainda pode estragar a noite azul.

MAIS:
> Para confirmar classificação, mistão da Raposa visita o Dragão
> Após recusar oferta do Porto, Cruzeiro negocia Sebá por R$1mi

- A partida serve de observação, mas o foco é no jogo. Não dá para facilitar. O sentimento tem que ser esse, não só classificar, mas tentar ganhar o jogo. Com a vitória, talvez a classificação se torne mais tranquila. Mas dá para observar também - comentou o treinador, antes de pregar cautela diante do Dragão no Serra Dourada:

- Encaminhamos a classificação, mas não é definitivo, no futebol pode tudo. Bastar estar desatento achando que já ganhou... - completou.

Para o jogo das 19h30, diante do Atlético-GO, Marcelo Oliveira já comentou que o Cruzeiro deverá entrar em campo repleto de reservas. O capitão Fábio, Egídio, Lucca e Ricardo Goulart deverão ser os únicos jogadores que entrarão novamente em campo, após a atuação contra o Náutico, no último domingo. Para o confronto, os onze iniciais de Marcelo Oliveira serão Fábio, Lucas Silva, Léo, Paulão e Wallace. Uelliton, Leandro Guerreiro, Tinga e Lucca. Ricardo Goulart e Vinícius Araújo.