icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/07/2013
10:10

A possível transferência de Diego Souza para o futebol ucraniano mexe com a comissão técnica do Cruzeiro. Perder o camisa 10 neste momento é algo que Marcelo Oliveira não descarta. O substituto, entretanto, pode estar mais próximo do que a torcida imagina. O treinador acredita que dentro do próprio elenco existem nomes capazes de desempenhar a mesma função.

– Tem jogadores no elenco. Da forma que jogamos, com três e mais um atacante, nós temos Élber, Martinuccio, Lucca... Se o Élber entra para a direita, o Éverton (Ribeiro) vem para o meio. O mesmo pode acontecer com Lucca, Martinuccio ou Goulart – disse.

A provável saída do meia-atacante da Toca da Raposa 2 coincide com uma de suas melhores exibições pelo clube. O treinador lembra a partida contra o Atlético-GO, pela terceira fase da Copa do Brasil, e destaca que uma venda ocorreria devido à combinação de interesses.

– É difícil até comentar sobre isso, porque é uma especulação nova. Por enquanto, o jogador está treinando e está escalado. Ele participou normalmente dos treinamentos, fez um bom jogo contra o Atlético-GO, melhor do que vinha fazendo. Foi uma partida equilibrada e vamos aguardar os acontecimentos para ver o rumo. De repente, existe uma combinação de interesses que possa mudar o destino do atleta – comentou.

E MAIS:
> Empresário revela interesse do Cruzeiro por Scocco, mas diretoria nega
> Ricardo Goulart é o substituto de Luan em trabalho tático do Cruzeiro
> Leia mais sobre o Cruzeiro

Questionado também sobre a possível chegada de um atleta para exercer a função de camisa 10, Marcelo Oliveira desconversou e disse que tomará decisões somente após a definição de Diego Souza.

– Não, de forma alguma. A gente fala sobre futebol com a diretoria toda semana, conversando sobre jogadores. Mas não dá para comentar em cima de especulação, vamos ver o que vai acontecer para tomarmos decisões – concluiu.

A possível transferência de Diego Souza para o futebol ucraniano mexe com a comissão técnica do Cruzeiro. Perder o camisa 10 neste momento é algo que Marcelo Oliveira não descarta. O substituto, entretanto, pode estar mais próximo do que a torcida imagina. O treinador acredita que dentro do próprio elenco existem nomes capazes de desempenhar a mesma função.

– Tem jogadores no elenco. Da forma que jogamos, com três e mais um atacante, nós temos Élber, Martinuccio, Lucca... Se o Élber entra para a direita, o Éverton (Ribeiro) vem para o meio. O mesmo pode acontecer com Lucca, Martinuccio ou Goulart – disse.

A provável saída do meia-atacante da Toca da Raposa 2 coincide com uma de suas melhores exibições pelo clube. O treinador lembra a partida contra o Atlético-GO, pela terceira fase da Copa do Brasil, e destaca que uma venda ocorreria devido à combinação de interesses.

– É difícil até comentar sobre isso, porque é uma especulação nova. Por enquanto, o jogador está treinando e está escalado. Ele participou normalmente dos treinamentos, fez um bom jogo contra o Atlético-GO, melhor do que vinha fazendo. Foi uma partida equilibrada e vamos aguardar os acontecimentos para ver o rumo. De repente, existe uma combinação de interesses que possa mudar o destino do atleta – comentou.

E MAIS:
> Empresário revela interesse do Cruzeiro por Scocco, mas diretoria nega
> Ricardo Goulart é o substituto de Luan em trabalho tático do Cruzeiro
> Leia mais sobre o Cruzeiro

Questionado também sobre a possível chegada de um atleta para exercer a função de camisa 10, Marcelo Oliveira desconversou e disse que tomará decisões somente após a definição de Diego Souza.

– Não, de forma alguma. A gente fala sobre futebol com a diretoria toda semana, conversando sobre jogadores. Mas não dá para comentar em cima de especulação, vamos ver o que vai acontecer para tomarmos decisões – concluiu.