icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/06/2014
10:42

Na vitória sobre o Miami Dade (EUA), por 2 a 1, na noite passada, no Veterans Memorial Stadium, em Lawrence, Marcelo Oliveira escalou uma equipe considerada titular. Com alguns desfalques, o zagueiro Manoel e o meia-atacante Alisson iniciaram a partida e receberam elogios do treinador após o compromisso.

O técnico do Cruzeiro limitou-se a dizer que se contentou com a exibição do defensor. Em relação ao jovem atleta, ele fez destaques sobre a movimentação.

– Gostei do Manoel mais uma vez, o Alisson pela esquerda muito bem ajudando na marcação, saindo com velocidade e vamos agora partir para confrontos mais importantes, procurar treinar bastante também para voltar com ritmo alto em condição de seguir bem no Brasileiro – avaliou.

O comandante ainda fez a sua análise geral da partida. Ele crê que o amistoso foi preponderante para aprimorar a parte física e a movimentação no setor ofensivo.

– Tivemos algumas dificuldades no início do jogo ate os primeiros 25 minutos por causa da grama sintética. A bola quicava muito no campo duro e o time do Cruzeiro joga com a bola no chão, além disso o adversário em relação ao jogo passado se organizou melhor, estava muito empolgado, marcou forte e dificultou para a gente. O proveito maior do amistoso foi no sentido físico, movimentação e ver o nível de concentração dos jogadores – concluiu.

O Cruzeiro entrou em campo, na noite de terça-feira, com a seguinte formação: Fábio; Mayke, Manoel, Léo e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Éverton Ribeiro e Ricardo Goulart; Alisson e Marcelo Moreno.